Brasília Guedes diz que a economia deu resposta rápida na pandemia

Guedes diz que a economia deu resposta rápida na pandemia

Segundo ele, população vulnerável foi assistida com velocidade na pandemia e informais ficaram em distanciamento e protegidos

  • Brasília | Alan Rios, do R7, em Brasília

Ministro Paulo Guedes

Ministro Paulo Guedes

Adriano Machado/Reuters - 25.01.2022

Para o ministro da Economia, Paulo Guedes, a pasta deu uma solução rápida para a crise provocada pela pandemia. Segundo ele, houve "velocidade de resposta" com a chegada dos períodos mais críticos para a saúde e a economia. A opinião do ministro veio durante o lançamento do Programa Renda e Oportunidade, nesta quinta-feira (16), quando também foi anunciada a possibilidade de saque do FGTS.

"Quando fabricamos nosso primeiro programa [social], já falávamos em renda básica. Por isso que, quando a pandemia chegou, nós tivemos velocidade de resposta, porque já tínhamos essa preocupação de como estender as camadas de proteção social aos mais frágeis", alegou.

Guedes ainda classificou o impacto do auxílio emergencial de efetivo. "Foi tão forte o impacto, foi tão efetivo o programa de auxílio emergencial, que ele deslocou os programas concorrentes. Foi inevitável. Saímos do auxílio emergencial para o Auxílio Brasil, que é o conceito de renda básica dos brasileiros," opinou o ministro. 

Ao abordar a questão dos brasileiros na informalidade, que trabalham sem carteira assinada, o ministro disse que eles "foram deslocados do seu modo de vida", mas com proteção econômica. "Ficaram em distanciamento social e protegidos pelos recursos que nós lançamos. Teve a onda da saúde e a onda da economia, que ameaçou afogar o Brasil. E nossas respostas protegeram o Brasil", afirmou.

Últimas