Brasília Ibaneis Rocha confirma candidatura à reeleição; vice está indefinido

Ibaneis Rocha confirma candidatura à reeleição; vice está indefinido

Pré-candidatura ainda não foi oficializada; sobre a presidência da República, governador disse que pode apoiar mais de um candidato

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

FOTO: RENATO ALVES/AGÊNCIA BRASÍLIA

Ibaneis Rocha afirmou nesta sexta-feira (11) que vai concorrer à reeleição ao cargo de governador do Distrito Federal nas eleições deste ano. "A questão da reeleição não é uma vontade só minha, tem que ser uma vontade da população. Eu acho que Brasília merece a continuidade desse trabalho", disse. A pré-candidatura ainda não foi oficializada.

Outros políticos já confirmaram a pré-candidatura, como Leandro Grass (PV), Rafael Parente (PSB), Izalci Lucas (PSDB) e Keka Bagno (PT).

Sobre seu candidato a vice-governador, o chefe do Executivo distrital afirmou que aguarda a acomodação das alianças políticas. "A escolha do vice vai ficar um pouco mais para frente, uma questão que tem que ser discutida exatamente com os partidos que compõem a base, para que a gente faça uma escolha que não seja unilateral". O MDB, partido do governador, descartou formar uma federação partidária.

Enquanto isso, nos últimos dias, o quadro de filiados se ampliou, o que teve reflexos também na Câmara Legislativa. Aproveitando a janela partidária, o distrital Iolando Almeida trocou o PSC pelo MDB. Na esteira dessa mudança, Guarda Jânio, que deixou o cargo nesta semana, e seu suplente, Carlos Tabanez, deixaram o Pros e migraram para a sigla.

Com isso, a bancada do MDB agora tem 4 parlamentares, entre eles o presidente da CLDF, Rafael Prudente, e o líder do governo na Casa, Hermeto. "Nós temos uma base bastante sólida, com diversos partidos aqui no Distrito Federal, fruto do nosso trabalho da harmonia que temos com todos os políticos dessa cidade. Temos uma base já muito bem montada para as eleições desse ano", frisou Ibaneis.

Apoio à presidência

Ainda sobre apoios e alianças, o governador disse que pode apoiar mais de um candidato à presidência da República no DF. "A Simone Tebet é candidata do meu partido, terá palanque aqui no Distrito Federal, assim como o presidente Jair Bolsonaro terá esse palanque. A composição está muito boa, vamos ter tempo para trabalhar isso".

Preço dos combustíveis

Depois da alta no preço dos combustíveis - anunciada pela Petrobras e que levou à aprovação de um projeto de lei pelo Congresso Nacional que alterou o cálculo do ICMS sobre esses produtos -, o Fórum de Governadores foi ao STF (Supremo Tribunal Federal) questionar a medida.

O ICMS é um tributo estadual e a alteração impacta na arrecadação dos estados. Na opinião de Ibaneis, o aumento nos preços da gasolina e do diesel pode trazer instabilidade política.

"Ontem [quinta-feira (10)] nós tivemos um problema gravíssimo, que é o aumento exagerado dos combustíveis, que afeta todo o processo inflacionário que vai vir certamente com o aumento das commodities no Brasil. Temos muita preocupação. É um ano de ter muito cuidado com a economia, para que a gente possa seguir em paz no ano eleitoral", finalizou.

Últimas