Brasília Polícia do Senado identifica outros 23 envolvidos nos atos de vandalismo

Polícia do Senado identifica outros 23 envolvidos nos atos de vandalismo

Esse será o 2º pedido de investigação feito pela Casa; primeira representação foi entregue à PGR em 13 de janeiro 

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Vândalos atacam prédios na praça dos Três Poderes, em Brasília, em 8 de janeiro de 2023

Vândalos atacam prédios na praça dos Três Poderes, em Brasília, em 8 de janeiro de 2023

Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Polícia Legislativa do Senado Federal identificou outros 23 participantes dos atos de vandalismo de 8 de janeiro em Brasília. A Advocacia da Casa apresentará uma representação à Procuradoria-Geral da República (PGR) pedindo a investigação dos suspeitos.

Esse será o segundo pedido de investigação feito pela Casa. Em 13 de janeiro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, entregou ao procurador-geral da República, Augusto Aras, representação contra 38 pessoas que foram presas e identificadas pela Polícia Legislativa no dia da invasão, quando cerca de 40 pessoas foram presas no plenário do Senado.

Em 8 de janeiro, vândalos invadiram os prédios do Congresso Nacional, do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal (STF), contrariados com o resultado das eleições presidenciais.

Últimas