Transição de Governo

Brasília Transição diz que receitas de 2023 vão ser maiores do que o previsto

Transição diz que receitas de 2023 vão ser maiores do que o previsto

Nelson Barbosa declarou nesta quarta-feira (30) que o resultado primário deve ser melhor e que a medida ajuda ‘Brasil inteiro’

  • Brasília | Plínio Aguiar, do R7, em Brasília

Calculadora e dinheiro; equipe de transição está otimista em relação ao crescimento econômico

Calculadora e dinheiro; equipe de transição está otimista em relação ao crescimento econômico

Marcello Casal Jr/ Agência Brasiil

Integrante do grupo técnico de economia da equipe de transição, o economista Nelson Barbosa declarou nesta quarta-feira (30) que as receitas do governo para 2023, em análise pelo Congresso Nacional, vão ser maiores que o previsto e indicou uma tendência de melhoria dos dados.

"A discussão orçamentária, por enquanto, é de abrir o espaço necessário para que o Orçamento atenda às prioridades da sociedade. Uma vez definido o tamanho desse gasto, na própria votação do Orçamento haverá uma revisão da previsão de receita", afirmou Barbosa.

"E já houve estimativa do governo em exercício de que a receita vai subir, de que a perspectiva de arrecadação, seja de renda de commodities, seja de outros tributos que estão previstos no projeto de lei orçamentária, estão subestimados", completou.

De acordo com o economista, a avaliação de que as receitas estão subestimadas é compartilhada também por diversos especialistas. Ele disse que os dados tendem a melhorar. "Então, o resultado primário deve ser melhor. Isso ajuda não só o governo eleito, mas o Brasil inteiro."

Ministério da Economia


Barbosa informou, ainda, que houve um pedido da equipe de transição ao grupo técnico para que fosse estudada a divisão do Ministério da Economia em três: Planejamento, Economia e Indústria e Comércio. Não há, ainda, definição sobre a segmentação da pasta.

Leia também: Equipe de Lula terá reunião com lideranças do MDB para articular PEC do estouro

Um dos cotados para assumir o Ministério da Fazenda é Fernando Haddad. De acordo com Barbosa, o petista faz parte do quadro dos melhores políticos do país. "Foi ótimo ministro da Educação, bom prefeito de São Paulo, candidato a presidente em 2018. É um dos melhores quadros do PT e do Brasil", disse.

Últimas