Eleições 2022 Lula diz que terá apoio de Helder Barbalho, governador reeleito do Pará, no segundo turno

Lula diz que terá apoio de Helder Barbalho, governador reeleito do Pará, no segundo turno

Barbalho foi reeleito já no primeiro turno das eleições com a maior votação do país, 70,41% dos votos válidos

  • Eleições 2022 | Do R7, em Brasília

Helder Barbalho foi reeleito governador em primeiro turno com mais de 70% dos votos

Helder Barbalho foi reeleito governador em primeiro turno com mais de 70% dos votos

Roque de Sá / Agência Senado / 20.03.2018

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou nesta quarta-feira (5), em uma rede social, que terá apoio do governador reeleito do Pará, Helder Barbalho (MDB), no segundo turno das eleições. "Encontrei hoje Helder Barbalho, governador do Pará reeleito no primeiro turno com a maior votação do Brasil. Agradeço seu apoio neste segundo turno. Vamos juntos pelo bem do Pará e do Brasil", publicou Lula. Helder ainda não se pronunciou publicamente.

VEJA A COBERTURA COMPLETA DAS ELEIÇÕES 2022 NA PÁGINA ESPECIAL DO R7

Barbalho foi reeleito já no primeiro turno com a maior votação do país, 70,41% dos votos válidos. O Pará é o maior colégio eleitoral da região Norte. Assim como a ex-candidata ao Planalto e colega de legenda, Simone Tebet (MDB), ele pretende aguardar a liberação do partido para formalizar o apoio ao ex-presidente Lula.

Apoio de governadores eleitos no 1º turno

Dos 15 governadores eleitos em primeiro turno, sete já declararam que vão apoiar o presidente Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno da corrida ao Planalto: Ibaneis Rocha (MDB), eleito no Distrito Federal; Cláudio Castro (PL), no Rio de Janeiro; Romeu Zema (Novo), em Minas Gerais; Mauro Mendes (União Brasil), em Mato Grosso; Antonio Denarium (PP), em Roraima; Ratinho Júnior (PSD), no Paraná; e Gladson Cameli (PP), no Acre.

Entre os que se elegeram e ainda não declararam apoio a nenhum dos candidatos a presidente, além de Barbalho, está Ronaldo Caiado (União Brasil), reeleito em Goiás, e Wanderlei Barbosa (Republicanos), governador do Tocantins. Caiado também deve esperar o posicionamento do partido para anunciar o apoio. Já Barbosa declarou que não vai escolher entre Lula e Bolsonaro.

Últimas