Internacional Aeroporto da capital do Haiti é fechado após morte de presidente

Aeroporto da capital do Haiti é fechado após morte de presidente

Vários voos regulares para Porto Príncipe foram cancelados ou desviados para outros terminais em terceiros países

Agência EFE
Presidente do Haiti foi morto a tiros no Haiti

Presidente do Haiti foi morto a tiros no Haiti

Chandan Khanna/AFP – 07.01.2020

O aeroporto internacional de Porto Príncipe foi fechado nesta quarta-feira (7) após o assassinato do presidente do Haiti, Jovenel Moise, segundo fontes diplomáticas.

Vários voos regulares para o aeroporto da capital haitiana foram cancelados ou desviados para outros terminais em terceiros países, de acordo com informações das páginas de rastreamento de voos, embora nenhuma autoridade tenha confirmado o fechamento do aeroporto por enquanto.

Duas companhias aéreas com rotas diárias para a capital haitiana cancelaram seus voos programados para esta quarta-feira.

Jovenel Moise foi assassinado hoje por homens armados, aparentemente estrangeiros, que invadiram sua residência no bairro de Pelerin, em Porto Príncipe, segundo anunciou o primeiro-ministro interino, Claude Joseph.

A primeira-dama, Martine Moise, que está recebendo atendimento médico, também foi baleada no ataque, de acordo com um comunicado lido por Joseph e transmitido nas rádios locais.

Após pedir calma à população, Joseph garantiu que "a situação de segurança no país está sob controle" e condenou o assassinato, que descreveu como "um ato de barbárie".

O assassinato ocorre dois meses antes das eleições presidenciais e legislativas convocadas para o próximo dia 26 de setembro, pleitos nos quais Moise não poderia se candidatar.

Últimas