Internacional Após negociações, Maduro concede indulto a diversos opositores 

Após negociações, Maduro concede indulto a diversos opositores 

O benefício é fruto dos diálogos de paz iniciados, neste domingo (30), entre o governo chavista e os opositores no exílio e com processos judiciais

  • Internacional | Do R7

Nicolás Maduro assinou um decreto presidencial concedendo indulto aos opositores

Nicolás Maduro assinou um decreto presidencial concedendo indulto aos opositores

Miraflores Palace/Handout via REUTERS - 3.11.2019

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro concedeu indulto a diversos líderes opositores ao governo chavista, nesta segunda-feira (31). O benefício, dado através de um decreto, foi lido pelo ministro da Comunicação, Jorge Rodríguez. "É um momento de união para enfrentar o bloqueio criminoso", destacou o ministro.

Entre os opositores beneficiados estão Freddy Guevara, Roberto Marreiro, Juan Pablo Guanipa, Henry Ramos Allup, Miguel Pizarro, Freddy Superlano, Richard Blanco, Américo de Grazia, Gilber Caro, Ismael León, Renzo Prieto, Mariela Magallanes, Jorge Millán, José Guerra, Tomás Gunanipa, Luis Stefanelli, Carlos Paparoni.

O ministro destacou que o objetivo do governo é garantir apoio para enfrentar as sanções econômicas impostas contra a Venezuela pelos Estados Unidos. "A fim de promover a reconciliação nacional e a busca pela paz, o Executivo Nacional continuará a adotar todas as medidas para fortalecer nossa democracia", disse Jorge Rodríguez.

Os opositores do governo, uma boa parte no exílio, também respondiam a diversos processos judiciais. Ao todo, 110 opositores que respondem a processo judiciais serão beneficiados, 23 são deputados e 4 são suplentes. O indulto não impede que eles sejam candidatos, "a participação é decisão deles", finalizou o ministro.

Últimas