Internacional Ataque suicida deixa pelo menos 13 mortos e 30 feridos em Cabul

Ataque suicida deixa pelo menos 13 mortos e 30 feridos em Cabul

Explosão ocorreu quando seguranças de centro educacional identificaram homem-bomba, que detonou os explosivos ao ter passagem negada

  • Internacional | da EFE

Quase todos os mortos e feridos são estudantes do centro educacional

Quase todos os mortos e feridos são estudantes do centro educacional

Mohammad Ismail/Reuters - 24.10.20

Pelo menos 13 pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas em um atentado suicida neste sábado (24), contra um centro educacional em um bairro da minoria xiita Hazara, no oeste de Cabul, no Afeganistão, uma ação que ocorre no auge das negociações de paz.

"O ataque ocorreu por volta das 16h30 (horário local, 9h de Brasília) em uma rua de acesso a um centro educacional em Dash-e-Barchi, um bairro da minoria xiita Hazara atacada no oeste de Cabul", disse à Agência Efe, o porta-voz da polícia da capital, Firdaws Faramarz.

A explosão ocorreu quando os seguranças do centro identificaram "um homem-bomba a pé", que detonou os explosivos que carregava, ao ter a passagem negada, explicou o porta-voz do Ministério do Interior, Tariq Arian, em um comunicado.

"Até o momento, os hospitais de Cabul receberam 13 vítimas e 30 feridos na explosão", afirmou o porta-voz do Ministério da Saúde Pública, Akmal Samsor.

"Quase todos os mortos e feridos são estudantes do centro educacional. Agora nossos médicos estão prestando serviços de emergência em hospitais", completou.

Os talibãs foram rápido, como em outras ocasiões, em negar participação nos ataques aos civis.

Embora o ataque não tenha sido reivindicado até agora, tudo parece apontar para o grupo jihadista Estado Islâmico (EI), que costuma reivindicar esse tipo de ataque contra a minoria xiita Hazara.

Últimas