Estados Unidos

Internacional Congresso dos EUA quer proibir o TikTok em dispositivos do governo

Congresso dos EUA quer proibir o TikTok em dispositivos do governo

Rede social chinesa se defende dizendo que as preocupações das autoridades americanas são alimentadas por desinformação

Reuters
TikTok

TikTok

Dado Ruvic/Reuters - 22/08/2022

Congressistas americanos incluíram na proposta de gastos do governo do país um dispositivo que impede que funcionários dos Estados Unidos usem o aplicativo chinês TikTok em dispositivos governamentais.

O Senado dos Estados Unidos votou na semana passada um projeto de lei apoiado pelo senador republicano Josh Hawley para impedir que funcionários federais usem o aplicativo de vídeos curtos em dispositivos do governo.

A proibição do app foi incluída em uma medida abrangente voltada ao financiamento das operações do governo dos EUA e que deverá ser votada nesta semana. O projeto de lei dá ao Escritório de Administração e Orçamento da Casa Branca 60 dias "para desenvolver padrões e diretrizes para a remoção" do TikTok de dispositivos federais.

O aplicativo controlado pela ByteDance disse que as preocupações dos congressistas americanos são amplamente alimentadas por desinformação. A lei não afeta os mais de 100 milhões de norte-americanos que usam o TikTok em dispositivos pessoais ou corporativos.

Muitas agências federais dos EUA, incluindo a Casa Branca e os departamentos de Defesa, Segurança Interna e de Estado, já baniram o TikTok de dispositivos governamentais.

Cerca de 19 dos 50 Estados norte-americanos já bloquearam pelo menos parcialmente o acesso ao serviço do TikTok em computadores governamentais. A maioria das restrições ocorreu nas últimas duas semanas.

Em 2020, o então presidente dos EUA Donald Trump tentou impor medidas para bloquear o uso do aplicativo no país, mas perdeu uma série de batalhas judiciais.

Últimas