Internacional EUA suspendem buscas por dez cubanos desaparecidos no mar

EUA suspendem buscas por dez cubanos desaparecidos no mar

Embarcação levando os imigrantes partiu há uma semana com destino ao litoral da Flórida, mas virou faltando 25 quilômetros

AFP
Guarda costeira dos EUA suspendeu as buscas por cubanos desaparecidos após três dias

Guarda costeira dos EUA suspendeu as buscas por cubanos desaparecidos após três dias

Guarda costeira dos EUA / AFP

A Guarda Costeira dos Estados Unidos informou neste domingo (30) que encerrou as buscas por dez cubanos reportados como desaparecidos no mar na quinta-feira, quando tentavam chegar à costa da Flórida, após resgatar os corpos de outros dois migrantes.

Membros da Guarda Costeira "buscaram continuamente durante os últimos três dias, tentando localizar as dez pessoas reportadas como desaparecidas", disse em um comunicado Adam Chamie, comandante do Setor Key West da corporação, que suspendeu as buscas na noite de sábado.

Um grupo de oito cubanos foi resgatado na tarde de quinta-feira no mar pelos agentes, enquanto na mesma noite foram recuperados os corpos de dois migrantes.

Os sobreviventes contaram que a embarcação em que viajavam saiu no domingo do Porto de Mariel, em Cuba, com destino ao litoral da Flórida, mas que na noite de quarta-feira, virou 25 km ao sul de Key West, e que dez companheiros desapareceram, informou o comunicado.

Pessoal da Guarda Costeira, da Marinha dos Estados Unidos e do Escritório de Alfândega e Proteção Fronteiriça fez várias buscas por ar e por mar em uma área de cerca de 14.200 quilômetros quadrados, acrescentou.

Os cubanos costumam se lançar ao mar em embarcações precárias pouco aptas para cruzar o estreito da Flórida, o que lhes rendeu o apelido de "balseros".

Outra embarcação naufragou em março passado com cerca de 20 pessoas a bordo perto das Bahamas. Entre os passageiros, havia duas crianças e um número desconhecido de mulheres.

Na ocasião, as autoridades de Cuba e das Bahamas suspenderam as buscas depois que foram encontradas 12 pessoas com vida e um falecido.

Diante da grave crise econômica na ilha, registrou-se um aumento na quantidade de "balseros" que tenta chegar aos Estados Unidos.

Só nos últimos oito meses, a Guarda Costeira interceptou 298 cubanos em comparação com os "balseros" encontrados no ano fiscal (de outubro a setembro) de 2020.

Últimas