Minas Gerais Colégio Militar de BH anuncia volta das aulas presenciais mais uma vez

Colégio Militar de BH anuncia volta das aulas presenciais mais uma vez

Atividades serão retomada após uma nova decisão judicial que libera a volta dos estudantes; aulas foram confirmadas já para esta sexta-feira (2)

  • Minas Gerais | Caio Silva* e Pablo Nascimento, do R7

Aulas presenciais voltarão nesta sexta-feira (2)

Aulas presenciais voltarão nesta sexta-feira (2)

Regiane Moreira / RecordTV Minas

O Colégio Militar de Belo Horizonte anunciou, mais uma vez, que irá retomar as aulas presenciais, nesta sexta-feira (2).

O Exército Brasileiro, que administra a escola, informou que irá manter o revezamento dos alunos do 8° e 9° ano do ensino fundamental e alunos do ensino médio, seguindo os protocolos sanitários previstos por causa da pandemia da covid-19. 

A retomada das aulas vai acontecer após uma nova decisão do desembargador Jirair Aram Meguerian, publicada nesta terça-feira (29), que autorizou as atividades na instituição. Em seu despacho, Aram manteve a proibição para professores civis trabalharem presencialmente. 

Impasse

O retorno das aulas presenciais no colégio, que estava suspensa desde o dia 18 de março, se tornou uma batalha na Justiça. Após o anúncio da retomada no dia 17 de setembro, o Sindicato dos Trabalhadores Ativos, Aposentados e Pensionistas do Serviço Público Federal no Estado de Minas Gerais entrou com um pedido na Justiça para que que todos os professores permanecessem trabalhando de forma remota devido à pandemia da covid-19

No dia 19 de setembro, a Jusitça acatou o pedido do sindicato e as aulas presenciais no colégio foram paralisadas novamente. A decisão ainda previu uma multa de R$ 50 mil por dia por descumprimento, caso o colégio continuasse com as aulas. 

Mesmo com a decisão judicial, o Colégio Militar manteve as aulas presenciais, ministradas por professores militares. No dia 21 de setembro, a instituição acatou um pedido da Justiça para suspender as atividades.

Procurada pela reportagem, a Prefeitura de BH informou que "está estudando o caso para decidir que providências irá tomar". 

Aulas presenciais em BH

As aulas presenciais em Belo Horizonte estão suspensas desde o dia 18 de março. Um anúncio do Governo Estadual autorizou a retomada das atividades presenciais em Minas a partir do dia 5 de outubro. 

Na decisão, o governo disse que caberia a cada prefeitura dos 853 municípios mineiros a autorizar a retomada das aulas presenciais ou não.

Após o anúncio, o prefeito de BH, Alexandre Kalil (PSD), publicou um decreto que suspendeu o alvará de funcionamento de todas as escolas infantis, fundamentais e de ensino médio.

*Estagiário do R7 sob supervisão de Pablo Nascimento 

Últimas