Minas Gerais MG investiga cinco casos suspeitos de infecção pela variante Ômicron

MG investiga cinco casos suspeitos de infecção pela variante Ômicron

Pacientes vieram de Gana, Moçambique e África do Sul e testaram positivo para a Covid-19 ao desembarcarem no país

  • Minas Gerais | Ana Gomes, Do R7

Resultados devem sair até segunda-feira

Resultados devem sair até segunda-feira

DADO RUVIC/REUTERS

O Governo de Minas Gerias investiga cinco casos suspeitos de infecção pela nova variante Ômicron

Segundo a SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais), os pacientes vieram de Gana, Moçambique e África do Sul e testaram positivo para a Covid-19 ao desembarcarem no país. Duas mulheres e três homens passaram por exames para sequenciamento na Funed (Fundação Ezequiel Dias). A previsão é que os resultados saiam entre esta sexta-feira (17) e a próxima segunda-feira (20).

Na última segunda-feira (13), o secretário Fábio Baccheretti anunciou que o estado havia notificado quatro casos em Belo Horizonte. O quinto, registrado nesta quarta-feira (15) na capital, é um de homem que veio do continente africano.

Caso descartado

No início do mês, o governo descartou a suspeita de um caso de Covid-19 causado pela Ômicron em Belo Horizonte. A paciente africana foi internada na capital mineira no último dia 29 de novembro, com resultado positivo para a Covid-19. Ela chegou ao país no último dia 20 de novembro, após sair do Congo e passar pela Turquia.

Últimas