Minas Gerais Motociclista embriagado atropela três crianças na região Leste de BH

Motociclista embriagado atropela três crianças na região Leste de BH

Irmãos voltavam da casa da avó, no bairro Taquaril, quando foram atingidos; segundo a polícia, homem não tem habilitação

  • Minas Gerais | Virgínia Nalon, da Record TV Minas

Um motociclista foi preso, neste domingo (7), suspeito de atropelar três crianças em uma rua do bairro Taquaril, na região Leste de Belo Horizonte. Segundo PM (Polícia Militar), acusado não tem carteira habilitação e confessou ter consumido bebidas alcoólicas antes do acidente.

O menino, de 10 anos, e suas duas irmãs, de 5 e 11 anos, estavam voltando da casa da avó. De acordo com testemunhas, o motociclista de 34 anos descia a rua em alta velocidade e não conseguiu fazer a curva, perdendo a direção do veículo e atingindo as crianças. O impacto foi tão forte que uma das vítimas foi arremessada e caiu de uma altura de três metros.

Revoltados com o acidente, moradores do bairro tentaram linchar o motociclista, arremessando garrafas de vidro e pedras contra ele. O grupo também destruiu o capacete do suspeito. De acordo com o cabo Christiano Meira, o acusado se chama e tem 34 anos.

— Ele foi bastante machucado para o hospital, levamos ele em uma viatura. Ele ficou bem machucado na cabeça.

Veja: Bebê de 5 meses e babá morrem atropelados por jovem sem carteira

Capacete do suspeito foi destruído por moradores

Capacete do suspeito foi destruído por moradores

Reprodução / Record TV Minas

As três crianças foram levadas para o Hospital João 23, no bairro Santa Efigênia. Um vídeo gravado por uma testemunha mostra a mãe tentando acalmar a filha mais nova, que chora de dor.

Aos policiais, Silva afirmou não ter habilitação. Além disso, ele assumiu ter ingerido bebidas alcóolicas, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro. Em poucas palavras, Éder Moreira da Silva disse à reportagem que não teve culpa.

— [As crianças] atravessaram na minha frente. Eu tentei tirar [a moto], mas não deu. E eu bebi.

Em nota, a Polícia Civil informou que o condutor da motocicleta foi autuado por flagrante por embriaguez, lesão corporal culposa e por ser inabilitado. Ele está preso provisoriamente e sem direito à fiança. As três crianças seguem internadas, mas estão bem.

Últimas