Minas Gerais Mulher é agredida e estuprada em mata na Cidade Administrativa

Mulher é agredida e estuprada em mata na Cidade Administrativa

A vítima, de 27 anos, foi perseguida na MG-10 e teria sido levada para um matagal, onde foi encontrada com fraturas no corpo; suspeito foi preso

  • Minas Gerais | João Pedro Gruppi*, da RecordTV Minas e Luíza Lanza*, do R7

Local do crime fica perto da sede do Governo de Minas

Local do crime fica perto da sede do Governo de Minas

Reprodução/PCMG

Um homem foi preso suspeito de estuprar uma mulher na manhã deste sábado (23), em uma mata dentro do terreno da Cidade Administrativa, sede do Governo de Minas, na região Norte de Belo Horizonte.  A Polícia Militar encontrou, no local, uma mulher em um matagal com marcas de agressão e fraturas no corpo e no rosto.

De acordo com pessoas que estavam próximas ao local do crime, a vítima, de 27 anos, estaria sendo perseguida por um homem na marginal da rodovia MG-10, que liga o centro de Belo Horizonte à região Norte da cidade.

Ela foi atacada e levada para o meio do mato, onde teria sido estuprada e, logo em seguida, golpeada com uma barra de ferro. 

Leia mais: Cidade Administrativa é atingida por tiros durante a noite

No local, a polícia encontrou a arma do crime e uma camisa de time esportivo, ambas sujas de sangue. O suspeito foi encontrado mais tarde, após os militares começarem as buscas.

O homem, de 24 anos, afirmou que a camisa era dele. Ao ligarem para a mãe do suspeito, os policiais descobriram que ele dormiu fora de casa e teria passado a noite com a namorada. Mas, ela negou que teria estado com ele nesse período.

O suspeito foi preso e a vítima, inconsciente, foi encaminhada pelos bombeiros para o Hospital Risoleta Neves. O local do crime está isolado aguardando a perícia.

*Estagiários sob a supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas