Minas Gerais Número de moradores com covid-19 em BH pode ser 9 vezes maior

Número de moradores com covid-19 em BH pode ser 9 vezes maior

Dados foram indicados em um estudo feito com base na coleta de materiais no esgoto da cidade; capital tem 44.127 casos confirmados oficialmente

Análise do esgoto aponta alta nos casos de covid em BH

Análise do esgoto aponta alta nos casos de covid em BH

Google Street View/Divulgação

Um estudo realizado pelo UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com base na rede de esgoto de Belo Horizonte aponta que o número de infectados pela covid-19 na capital pode ser nove vezes maior do que o registrado oficialmente.

De acordo com o boletim Monitoramento Covid Esgotos, a presença do novo coronavírus na rede de BH indica que cerca de 381 mil pessoas estariam infectadas. Porém, segundo o último boletim divulgado pela prefeitura na quinta-feira (8), a capital tem 44.127 casos confirmados.

Segundo os dados da UFMG, essa foi a terceira semana de aumento no número de pessoas infectadas com base na análise do esgoto. O número ainda é menor do que o registrado entre o fim de julho e o começo de agosto, em que a estimativa da população infectada superava os 850 mil indivíduos.

Pandemia

O Estado de Minas Gerais contabiliza, atualmente, 318.090 casos confirmados da covid-19 e 7.992 óbitos, sendo 95 deles nas últimas 24 horas. Segundo o Governo de Minas, 283.568 pessoas já se curaram da doença

Já em Belo Horizonte, são 44.127 casos confirmados e 1.331 mortes, de acordo com o boletim divulgado na última quinta-feira (8). Outras 40.404 pessoas se curaram da doença na capital, enquanto 2.392 pacientes continuam em acompanhamento.

Durante essa semana, o índice de transmissão da covid em BH passou de 0,94 para 1,06. Isso significa que cada grupo de 100 pessoas é capaz de infectar outras 106. Segundo a Prefeitura, o aumento ainda não ameaça a flexibilização do comércio na capital e o índice só se tornaria preocupante caso chegasse a 1,5.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento.

Últimas