André Azeredo População de rua cresce disparadamente na cidade de São Paulo

População de rua cresce disparadamente na cidade de São Paulo

Entre 2015 e 2019, o número de moradores de rua saltou 60%. Índices apontam um aumento de 15 mil para 24 mil até o ano passado

Danilo M Yoshioka/Futura Press/Estadão Conteúdo - 09.07.2019

Através de um levantamento da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, um aumento bastante significativo da população em situação de rua na cidade de São Paulo evidenciou a grande crise que estamos vivendo nos últimos anos.

No Censo de 2015, eram 15 mil pessoas morando nas ruas da capital. E, em 2019, foram registradas 24 mil. Um aumento de 60% em apenas 4 anos. Quanta precariedade!

Agora, imaginem qual foi um dos fatores apontados pela Prefeitura para justificar esta situação?
- Uso abusivo de álcool e drogas!
Bom, mas fiquem tranquilos que eles também apontaram a questão da crise econômica, desemprego, baixa renda, falta de moradia e conflitos familiares.
- Melhor assim, não é mesmo?! Porque existe uma série de fatores que contribuíram para essas pessoas chegarem aonde chegaram. E essas conclusões são só algumas das muitas que não foram apontadas. Sabem bem do que eu estou falando, né?! Lamentável.

Ainda segundo a Prefeitura, esses aspectos serão investigados na segunda fase da pesquisa, que envolve o levantamento qualitativo.
- E sobre isto, o que será que eles têm a dizer?
Veremos.

Últimas