Autos Carros Brasil terá seis novas pick-ups em 2022: conheça

Brasil terá seis novas pick-ups em 2022: conheça

Lista conta com novas gerações baseadas em produtos que já conhecemos e diversos modelos totalmente novos

Resumindo a Notícia

  • Mercado de pick-ups seguirá aquecido em 2022
  • Peugeot, Nissan, Chevrolet, entre outras, preparam novidades para o mercado
  • Ford Maverick enfim chegará as lojas brasileiras
Mercado de pick-ups será agitado em 2022

Mercado de pick-ups será agitado em 2022

General Motors/Reprodução

O segmento das pick-ups sempre foi uma fatia importante para as montadoras, seja pelo seu alto valor agregado, seja por apresentar novas tecnologias em modelos fora de estrada. Com isso, o próximo ano será agitado para a categoria. Além de renovações, quatro modelos inéditos devem desembarcar por aqui.

FORD MAVERICK VAI BRIGAR COM A FIAT TORO? Tudo sobre a pick-up com motor 2.0 turbo de 253cv

As novidades ocuparão faixas diversas: desde a rival da Fiat Toro, pioneira e líder entre as compactas sem chassi e modelos de faixa superior como a Toyota Hilux e também acima disso, como a Silverado. Os preços vão variar de R$ 100 mil a mais de R$ 400 mil. O R7 Autos Carros listou todos os modelos que chegam no próximo ano.

Chevrolet Silverado

Para ocupar a posição acima da Chevrolet S10, a marca deve trazer ao Brasil a Silverado

Para ocupar a posição acima da Chevrolet S10, a marca deve trazer ao Brasil a Silverado

GM Divulgação

Para ocupar a posição acima da Chevrolet S10, a marca deve trazer ao Brasil a Silverado. Em duas versões com motores V8 a gasolina e 3.0 seis cilindros turbodiesel, o modelo concorrerá direto com a Ram 1500 Rebel (também V8) e até a 2500 (também turbodiesel). A vantagem da Chevrolet, fica por conta da possível produção da pick-up no México. Com isso, ao menos a opção ZR2 com motor V8 pode chegar mais barata do que a concorrente direta graças ao acordo comercial entre os dois países.

Ford Maverick

A Maverick foi apresentada no Brasil em 2021, porém suas vendas terão início somente em janeiro, sendo então o primeiro modelo a desembarcar por aqui em 2022. Com a missão de trazer novos clientes para a Ford, a pick-up ainda não teve o preço divulgado. O R7-Autos Carros, inclusive, já conheceu a novidade de perto.

Rodas são aro 17 com pneus de uso misto

Rodas são aro 17 com pneus de uso misto

Ford/Divulgação

Atributos para a atração de novos clientes, ela tem. Com estilo jovial e imponente, além do conjunto mecânico, emprestado do Bronco Sport, é formado por um motor 2.0 turbo de 253 cv e 38 kgfm, câmbio automático de oito marchas e tração integral. A questão será justamente o preço. A Fiat Toro tem inúmeras versões desde a 1.8 e.TorQ destinada às frotas, 1.3 turboflex T270 e o competitivo motor 2.0 Multijet turbodiesel de 170cv e tração 4X4 por volta de R$ 200 mil. Mesmo bem equipada, a Maverick não poderá fugir muito desse preço para que seja competitiva ou deve enfrentar dificuldades como o Ford Bronco que ainda não teve bom volume de vendas.

Great Wall Poer

Aguardada para o final do próximo ano, a estreante Great Wall deve lançar a Poer para um segmento disputado com Toyota Hilux, Chevrolet S10, Nissan Frontier e Volkswagen Amarok. A pick-up terá duas opções de motor 2.0 turbo a gasolina de 190 cv ou 2.0, mas turbodiesel, de 162 cv que é mais provável de olho em um disputado segmento do nosso mercado onde estão hoje produtos entre R$ 230 e R$ 380 mil.

Picape tem capacidade de carga é de 1.050 kg

Picape tem capacidade de carga é de 1.050 kg

Great Wall/Divulgação

A princípio o modelo poderá ser exportado da China mas é possível que sua produção passe para Iracemapolis, no interior de São Paulo. A Great Wall aliás, deve ser a marca estreante no mercado com pretensões audaciosas para o Brasil.

Nissan Frontier 2022

Ainda falando da categoria das pick-ups de maior volume, a Nissan prepara a primeira reestilização dessa geração da Frontier. Com previsão de lançamento para o segundo trimestre de 2022, as mudanças devem seguir a versão que é comercializada no México. Os faróis receberão novo arranjo, grade redesenhada e novos para-choques além de um nível superior de equipamentos.

Picape conta com conta com como capota marítima, protetor de caçamba, iluminação do interior da caçamba e soleiras das portas

Picape conta com conta com como capota marítima, protetor de caçamba, iluminação do interior da caçamba e soleiras das portas

Nissan/Divulgação

Por dentro o modelo deve seguir o estilo mais moderno do SUV Kicks. Portanto, a pick-up  receberá central multimídia maior e o cluster mesclará elementos analógicos e digitais. Sob o capô, o propulsor seguirá o mesmo com mudanças pontuais para atender às regras de emissões do Proconve PL7.

Peugeot Landtrek

Essa é uma pick-up que é comentada todo ano mas com a fusão ao Grupo Stellantis, a Landtrek enfim deve desembarcar por aqui.

Modelo pode ser equipado com três tipos de motores

Modelo pode ser equipado com três tipos de motores

Reprodução Internet

Importada do Uruguai, a Landtrek vendida no Brasil deve usar uma motorização diferente de outros mercados. A opção mais provável é um 2.0 turbodiesel de 180 cv, associada ao câmbio automático de 6 marchas com opções de tração 4x4 ou traseira. Se isso ocorrer, não deve brigar em faixas superiores de preço como a Toyota Hilux SRX, Ford Ranger Limited e Chevrolet S10 High Country. Tendo o apetite do grupo Stellantis, que recuperou as vendas das marcas Peugeot e Citroën, a Peugeot Landtrek pode chegar com força comercial e preços agressivos.

Renault Oroch

Modelo deve ter para-choques ao estilo do Duster

Modelo deve ter para-choques ao estilo do Duster

@AutoINBrasil/Reprodução

A Renault prepara uma reestilização profunda (e esperada) para o modelo Oroch. A pick-up que não seguiu as mudanças do Duster em 2019 ainda não teve imagens divulgadas. Porém é esperado que sob o capô o modelo chegue com motor 1.3 turbo na faixa de 170cv que estreou no Captur. Só resta saber se a tração 4x4, disponível no Duster 1.3 argentino, estará disponível na picape brasileira.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas