Autos Carros Nissan inaugura espaço em fábrica para celebrar 22 anos no país

Nissan inaugura espaço em fábrica para celebrar 22 anos no país

Projeto "Memória Nissan" tem objetivo de preservar a história de empresa no Brasil

Resumindo a Notícia

  • Nissan Patrol foi montado no Brasil nos anos 50
  • Nissan também vendeu o caminhão 180 no país nos anos de 1950 e 1951
  • Fábrica de Resende, no Rio de Janeiro, foi inaugurado em 15 de abril de 2014
  • Em abril deste ano, a Nissan anunciou um investimento de até R$ 1,3 bilhão no Brasil
Espaço conta com modelos produzidos no Brasil

Espaço conta com modelos produzidos no Brasil

Nissan/Divulgação

A Nissan inaugurou no complexo industrial de Resende, no Rio de Janeiro, o espaço Memória Nissan, que tem como objetivo contar a história de 22 anos da empresa no Brasil. O local pode ser visitado por funcionários e terá ações especiais com convidados da montadora. 

KICKS XPlay 2022: o que ele tem de diferente além do preço? Vale pagar R$ 122,2 mil? Veja o vídeo!

"Chegamos aos 22 anos com uma base sólida e muitas novidades que nos preparam para um futuro promissor para a Nissan. Como a abertura do segundo turno na fábrica de Resende, o anúncio do investimento de até R$ 1,3 bilhão para a fabricação de futuros produtos e adoção de novas tecnologias na linha de produção, o lançamento do programa de carros por assinatura Nissan Move, a expansão do nosso plano de eletrificação e a renovação de nossos produtos, como o Novo Kicks e a Nova Frontier. Vamos evoluir apoiados pela nossa rede, com foco em oferecer a melhor experiência para os nossos clientes e nos tornando dia a dia uma empresa mais diversa e que valoriza a equidade e a inclusão", afirma Airton Cousseau, presidente da Nissan Mercosul e diretor geral da Nissan do Brasil.

March marcou o início da produção na unidade de Resende

March marcou o início da produção na unidade de Resende

Nissan/Divulgação

Histórico de  Resende
A fábrica carioca é responsável por produzir o Nissan Kicks e o motor 1.6 aspirado de 16V flexfuel, que equipa o SUV compacto. Por lá, também foi produzido o March, que em 2014 marcou o início da produção na unidade de Resende. Já em 2015 foi fabricado o Versa e em 2016, para homenagear os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, foi lançada a edição limitada do March Rio com 1.000 unidades numeradas. O Kicks Rio 2016 foi responsável por fazer o revezamento da Tocha Olímpica. Em 2021, a Nissan produziu as últimas unidades do sedã V-Drive. Vale lembrar que a fábrica de motores já fabricou o propulsor de três cilindros de 1,0 litro e 12V, que equipou o March e Versa

Kicks Rio 2016 foi responsável por fazer o revezamento da Tocha Olímpica

Kicks Rio 2016 foi responsável por fazer o revezamento da Tocha Olímpica

Nissan/Divulgação

Onde tudo começou
No espaço Memória Nissan está exposto o Nissan Patrol dos anos 1950. Entre 1955 e 1956, a Nissan montou em parceria com a Varam Motores, em São Bernardo do Campo, em São Paulo, 400 unidades da primeira geração do Patrol, que tinha entre 35% e 40% de peças nacionais. A Nissan também vendeu o caminhão 180 no país nos anos de 1950 e 1951. Ao todo, foram montados em regime CKD 35 caminhões.

Nissan Patrol teve 400 unidades montadas no Brasil

Nissan Patrol teve 400 unidades montadas no Brasil

Nissan/Divulgação

Aliança com a Renault
Contudo, foi somente em 23 de outubro de 2000, que a Nissan do Brasil começou a comercializar veículos importados de outros países para o mercado nacional. Já em dezembro de 2001, com o início das operações da fábrica da Renault em São José dos Pinhais, no Paraná, foi fabricada a pick-up Frontier e o utilitário Nissan Xterra.

Nissan produziu as últimas unidades do sedã V-Drive em 2021

Nissan produziu as últimas unidades do sedã V-Drive em 2021

Nissan/Divulgação

Tempos atuais e futuro
Dez anos depois, a Nissan anunciou um investimento de R$ 2,6 bilhões para construir o Complexo Industrial de Resende, no Rio de Janeiro, que foi inaugurado em 15 de abril de 2014. Em abril deste ano, a Nissan contratou 578 novos funcionários e anunciou um investimento de até R$ 1,3 bilhão no Brasil. Para 2023 a montadora já planeja lançar o novo Nissan Sentra no primeiro semestre do próximo ano no mercado brasileiro.

*Com a colaboração Felipe Salomão

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas