Christina Lemos Republicanos confirma filiação de Mourão para 16  março

Republicanos confirma filiação de Mourão para 16  março

Vice-presidente deixará o PRTB e tentará vaga de senador pelo Rio Grande do Sul

O vice, Amilton Mourão: voo solo, longe de Bolsonaro

O vice, Amilton Mourão: voo solo, longe de Bolsonaro

Marcelo Camargo/Agência Brasil - 23.11.2021

O vice-presidente Amilton Mourão já tem data para deixar o PRTB. Eleito ao lado de Bolsonaro em 2018, Mourão optou por um caminho político independente do titular do Planalto e ingressará no Republicanos em 16 de março, em evento na sede do partido em Brasília. “Será um excelente quadro para o Republicanos, um homem público de perfil conservador, preparado e inteligente e moderado”, declarou o deputado Aroldo Martins (Republicanos/PR).

O vice-presidente será filiado pelo estado do Rio Grande do Sul e tentará uma vaga ao Senado. “Estamos nos empenhando em aumentar nossas bancadas, e Mourão chega num ótimo momento”, afirmou Martins, vice-presidente do Republicanos no Paraná e membro do conselho da legenda.

O distanciamento entre Mourão e Bolsonaro se iniciou pouco depois do primeiro ano de mandato de ambos e vem se acentuando com repetidos episódios de divergências públicas. Nesta quinta (24), o vice deu declarações sobre o conflito entre Rússia e Ucrânia que levaram Bolsonaro a enquadrá-lo, durante declarações em live, ao lado do chanceler Paulo França.

Mourão saiu em defesa da Ucrânia e chegou a comparar Putin a Hitler. O presidente da Rússia é próximo a Bolsonaro, que manteve missão oficial ao país dias antes da invasão russa da Ucrânia. “Quem fala sobre esse assunto é o presidente, e ponto-final”, disse Bolsonaro, desautorizando as declarações de Mourão sobre o conflito.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas