O que é que eu faço Sophia Não tive renda nem trabalho em 2020. Preciso entregar o IR 2021?

Não tive renda nem trabalho em 2020. Preciso entregar o IR 2021?

Não é só a renda de salário que obriga uma pessoa a entregar a declaração; entenda quem está isento e o que fazer nesse caso

Ter bens acima de R$ 300 mil ou passar a ser residente no Brasil também obrigam a declarar

Ter bens acima de R$ 300 mil ou passar a ser residente no Brasil também obrigam a declarar

EBC

Sempre declarei imposto, mas no ano passado não tive renda, pois fiquei desempregado. Preciso entregar o IR este ano?

Pergunta do internauta Fernando

Resposta: Depende, pois não é só a renda de salário que obriga uma pessoa a entregar a declaração do IR 2021.

É verdade que rendimento é o principal fator que obriga a fazer a declaração. Nesse caso, estão obrigados a declarar aqueles que receberam:

- rendimentos tributáveis (como salário, aposentadoria, pensão, por exemplo), acima de R$ 28.559,70 em 2020

- rendimentos isentos (como indenização trabalhista ou rendimento de caderneta de poupança) ou tributado na fonte (como rendimento de aplicações financeiras) acima de R$ 40 mil;

- teve receita bruta acima de R$ 142.798,50, no caso de atividade rural.

Leia também: Tire 10 dúvidas sobre a declaração do IR 2021

Mas mesmo que não tenha tido qualquer renda e ficou desempregado o ano todo, como o Fernando, pode se ver obrigado a declarar se:

- Tinha bens (como casa ou carro) acima de R$ 300 mil em 31.12.2020;

- Teve ganho de capital na venda de bens e direitos e pagou imposto;

- Comprou ou vendeu ações na Bolsa;

- Passou à condição de residente no Brasil;

Se não preencher nenhuma dessas condições, então não precisa fazer nada.

Quando a falta da declaração dá problema no CPF?

Apenas quem está obrigado a declarar o Imposto de Renda e não cumpre com essa obrigação é que fica com problemas no CPF, que aparece na pesquisa com o status "pendente de regularização".

Quem tem CPF irregular pode ter problemas para:

- abrir conta em banco;

- receber benefícios como aposentadoria;

- obter empréstimos e financiamentos;

- tirar passaporte;

- obter certidão negativa para venda ou aluguel de imóvel;

- prestar concurso público.

Para saber se está tudo certo com seu CPF, basta consultar esta página da Receita Federal.

ARTE IR 2021 - PRAZO 31 MAIO - TIRA DÚVIDAS

ARTE IR 2021 - PRAZO 31 MAIO - TIRA DÚVIDAS

Arte/R7

Últimas