Polícia prende ex-presidente da Escola de Samba Flor da Mina no Rio

Suspeito estava levando uma vida social normal, em locais públicos, além de exercer o cargo de presidente da escola de samba

Ex-presidente é acusado de associação ao tráfico de drogas

Ex-presidente é acusado de associação ao tráfico de drogas

Reprodução

A Polícia Civil prendeu o ex-presidente da Escola de Samba Flor da Mina do Andaraí, zona norte do Rio por identidade falsa e associação ao tráfico de drogas.

De acordo com a equipe da 57ªDP (Nilópolis), o suspeito estava levando uma vida social normal, em locais públicos, além de exercer o cargo de presidente da escola de samba.

O ex-presidente também tem passagem por participação em homicídio qualificado, corrupção ativa, formação de quadrilha e tráfico de entorpecentes.

Para se esconder da polícia e da Justiça, o suspeito usava documentos falsificados. A investigação durou uma semana até que a equipe juntou todas as informações sobre a vida dele e descobriram seu paradeiro.

O ex-presidente será encaminhado ao sistema penitenciário, onde permanecerá a disposição da Justiça.

*Sob supervisão de Ingrid Afaya