Professor de escolinha de futebol é preso suspeito de estuprar três alunos

Mãe suspeitou dos abusos após ver mensagens trocadas entre o filho e o treinador

Diego Tadeu Gomes da Silva teve prisão preventiva decretada
Diego Tadeu Gomes da Silva teve prisão preventiva decretada RecordTV Minas

A Polícia Civil prendeu um professor de esportes suspeito de estuprar três adolescentes, de 13 e 14 anos, em uma escolinha de futebol, no bairro Glória, na região noroeste de Belo Horizonte. De acordo com as investigações, o Diego Tadeu Gomes Silva, de 27 anos, presenteava os jovens em troca de favores sexuais.

A polícia começou a investigar o caso depois que a mãe do adolescente de 13 anos desconfiou das mensagens que o jovem estava trocando com Silva. Após questionar o filho e ele confirmar os abusos, a mulher levou o jovem à (Depca) Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente, onde foi acolhido por psicólogos e ouvido pela delegada Isabela Franca.

No depoimento, o menor indicou os outros adolescentes que também teriam sido abusados pelo professor. Ele relatou que as relações aconteciam atrás de uma bancada, onde ficavam guardados os cones para os treinamentos.

Leia mais notícias no Portal R7

Segundo a delegada, os jovens confirmaram as investidas de Silva e contaram que ele oferecia presentes como camisas, em troca dos favores sexuais.

— Quando foi ouvido, o autor alegou que os presentes era dados como forma de apresentar melhor os alunos em times de futebol.

De acordo com a polícia, Silva negou ter mantido relações sexuais com os jovens, mas confirmou ter beijado um deles. O treinador teve a prisão preventiva decretada e vai responder por estupro e estupro de vulnerável.

Veja mais: