Brasília Adolescente envolvido em ataque a repórter completa 18 anos em maio

Adolescente envolvido em ataque a repórter completa 18 anos em maio

Maioridade chegará 25 dias após crime; como o que vale é data da ocorrência, mesmo condenado ele cumprirá medida socioeducativa

  • Brasília | Rossini Gomes, do R7, em Brasília

Suspeitos foram flagrados por câmera de segurança da região na noite do crime

Suspeitos foram flagrados por câmera de segurança da região na noite do crime

REPRODUÇÃO/RECORDTV

O adolescente envolvido no ataque ao jornalista Gabriel Luiz, 29 anos, vai completar 18 anos em 9 de maio. Apesar disso, caso seja condenado mesmo já alcançada a maioridade, o menor vai responder por ato infracional e ficará internado por até três anos, cumprindo medida socioeducativa. A pena máxima do outro suspeito, José Felipe Leite Tunholi, 19 anos, pode chegar a 30 anos de prisão.

O delegado responsável pelo caso, Douglas Fernandes, explicou ao R7 que a Justiça considera a idade do suspeito de acordo com a data que o caso aconteceu e não com base no dia da decisão judicial. "Além disso, o próprio Estatuto da Criança e do Adolescente permite que o menor fique internado até 21 anos. E esses três anos [contados a partir dos 18] são reavaliados a cada seis meses pelo juiz da Vara da Infância", esclareceu

Em função dessa reavaliação, o delegado salientou que o adolescente pode ser liberado do cumprimento do ato infracional antes do prazo máximo de três anos. O tempo entre o ataque ao jornalista e o aniversário do adolescente é de 25 dias. "Escapou por pouco", comentou o delegado.

LEIA TAMBÉM: Polícia Civil vai ouvir jornalista esfaqueado nesta quarta-feira

O adolescente está numa unidade de internação provisória. Ele ficará lá por até 45 dias, até que seja julgado, como informou ao R7 a Vara da Infância e Juventude do Distrito Federal. A Justiça decidirá a unidade de internação para a qual ele será levado, em caso de condenação. De acordo com a Secretaria de Justiça e Cidadania do DF, Brazlândia, Planaltina, Recanto das Emas, Santa Maria e São Sebastião são as localidades que abrigam essas unidades.

Até 30 anos de prisão

José Felipe Leite Tunholi, 19 anos

José Felipe Leite Tunholi, 19 anos

REPRODUÇÃO/RECORD TV

No caso do suspeito maior de idade, a pena máxima pode chegar a 30 anos de prisão, uma vez que o caso está sendo investigado como tentativa de latrocínio – roubo e morte. "Mas pelo fato de ter sido tentado [ou seja, a vítima não ter morrido], a pena acaba diminuindo", explicou o delegado Douglas Fernandes.

José Felipe Leite Tunholi foi transferido para o Complexo Penitenciário da Papuda na manhã da última terça-feira (19). De acordo com a Polícia Civil, ele ficará no Centro de Detenção Provisória II por tempo indeterminado.

Também nesta terça, o jornalista Gabriel Luiz recebeu alta da UTI do hospital particular onde está em recuperação. Ele foi levado para um dos quartos da unidade, segundo o hospital.

LEIA TAMBÉM: Jornalista Gabriel Luiz já caminha sozinho, afirmam familiares

Relembre o caso

Gabriel Luiz, repórter na TV Globo, foi esfaqueado na noite da última quinta-feira (14)

Gabriel Luiz, repórter na TV Globo, foi esfaqueado na noite da última quinta-feira (14)

Reprodução/redes sociais - 15.04.2022

O repórter da TV Globo Brasília foi atacado próximo ao prédio onde mora, no Sudoeste, na noite de 14 de abril. Os suspeitos desferiram ao menos dez facadas, na perna esquerda, no abdômen, no tórax e no pescoço.

Após os golpes, o jornalista conseguiu correr até o prédio onde mora e pedir ajuda ao porteiro, que chamou socorro. Gabriel foi levado ao Hospital de Base, onde passou por cirurgias durante a madrugada. Na sexta-feira (15), ele foi transferido para um hospital particular no Lago Sul.

No vídeo abaixo, de uma câmera de segurança, é possível ver os dois suspeitos seguindo o jornalista. A dupla foi identificada pela polícia menos de 24 horas depois do crime.

Últimas