Internacional Jornais espanhóis dizem que Juan Carlos I pode estar na República Dominicana

Jornais espanhóis dizem que Juan Carlos I pode estar na República Dominicana

Anúncio da mudança para fora da Espanha culmina um período de deterioração da imagem do monarca emérito, de 83 anos

Foi desmentida a informação que o monarca estaria em Portugal

Foi desmentida a informação que o monarca estaria em Portugal

Juan M. Espinosa/EFE - 4.10.2006

O destino do rei emérito da Espanha, Juan Carlos I, pode ser a República Dominicana, onde estaria desde o último domingo, conforme os jornais ABC e La Vanguardia, ambos do país ibérico, publicaram nesta terça-feira.

Antigo monarca, de 83 anos, escreveu ao rei Felipe VI manifestando a decisão de viver fora da Espanha após a divulgação, nas últimas semanas, de supostos negócios escusos em que estaria envolvido na Suíça, que ameaçavam prejudicar a imagem da monarquia espanhola.

Ontem, alguns veículos de imprensa portugueses publicaram informações de que Juan Carlos I estava se mudando para Estoril, cidade litorânea onde passou a infância, quando os pais estavam exilados. A informação, no entanto, foi negada à Agência Efe por fontes oficiais.

Segundo o ABC e o La Vanguardia, Juan Carlos I viajou no fim de semana para a loclidade de Sanxenxo, no noroeste espanhol, onde tem amigos de confiança, e dali cruzou a fronteira até a cidade do Porto, de onde embarcou em um avião com direção a Santo Domingo.

As duas publicações veicularam que o antigo chefe de Estado da Espanha estaria em um complexo hoteleiro, chamado Casa de Campo, localizado na cidade costeira de La Romana, a cerca de 100 quilômetros da capital da República Dominicana.

As instalações seriam de propriedade de José Fanjul, empresário de origem cubana, que é amigo do rei emérito.

O debate sobre a inviolabilidade do chefe de Estado espanhol foi retomado no mês passado devido a novas informações sobre o suposto dinheiro escondido que o rei emérito teria na Suíça e a doação que ele fez de 65 milhões de euros à empresária alemã Corinna Larsen - apontada por alguns veículos de imprensa como sua amante - fora do controle fiscal espanhol.

Últimas