Minas Gerais Andar na rua sem máscara custará R$ 100 de multa a moradores de BH

Andar na rua sem máscara custará R$ 100 de multa a moradores de BH

Medida foi aprovada pela Câmara e, agora, será encaminhada para sanção do prefeito Alexandre Kalil (PSD); BH chegou a 118 mortes por covid-19

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7, com Akemi Duarte e Pedro Corcini, da Record TV Minas

Uso de máscara é obrigatório desde abril

Uso de máscara é obrigatório desde abril

Freepik

A Câmara Municipal de Belo Horizonte aprovou, nesta quinta-feira (25), uma multa no valor de R$ 100, para quem for flagrado circulando sem máscaras pelas ruas da capital mineira.

Desde abril é obrigatório o uso do equipamento, inclusive para entrar em estabelecimentos comerciais. Os comércios que desrespeitarem a medida podem, inclusive, ser interditadas.    

A Prefeitura de Belo Horizonte chegou a tentar instituir a multa pela ausência de máscaras em maio, mas recuou após uma recomendação do Ministério Público de Minas Gerais.

Para o MP, a medida não deveria ser tratada em um decreto assinado pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD), mas por meio de um projeto de lei que deveria ser enviado ao Legislativo. 

A proposta foi enviada à Câmara e, agora, com o texto aprovado, Kalil deve sancionar a medida. Durante a tramitação do processo, parlamentares apresentaram sugestões, como a isenção de multas para famílias carentes e, até mesmo que a prefeitura não cobrasse a multa.

Últimas