Minas Gerais Cidades atingidas pelas chuvas em MG podem ter novos estragos

Cidades atingidas pelas chuvas em MG podem ter novos estragos

Em entrevista à Live RecordTV Minas, especialista alerta para temporais no Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce

  • Minas Gerais | Giovana Maldini*, do R7

Chuvas fortes em Minas devem continuar

Chuvas fortes em Minas devem continuar

Gil Leonardi/Imprensa MG

Após as fortes chuvas que atingiram os Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce nos últimos dias, essas regiões podem registrar novos temporais, principalmente neste fim de semana.

A previsão foi divulgada pelo coordenador do Inmet-BH (Instituto Nacional de Meteorologia), Lizandro Gemiacki, durante a Live RecordTV Minas desta quinta-feira (16). 

“Existe a grande probabilidade das áreas do Rio Doce, Mucuri e Jequitinhonha serem atingidas novamente por um sistema que vai causar muita chuva. Como os locais já têm grandes dificuldades e a tendência é de muita chuva, pode causar transtornos novamente para a população”, afirma o coordenador.

Praticamente todo o Estado tem chance de pancadas nesta quinta (16) e sexta-feira (17). No fim de semana, as chuvas devem avançar mais para o Norte de Minas e permanecer até as próximas segunda (20) e terça-feira (21). A previsão é que caia de 80 a 150 mm de água na região, segundo o Inmet, o que é considerado chuva forte.

“A população que está vulnerável já tem que se preparar e ficar ciente de que tem chance de grandes acumulados de chuva no fim de semana”, alerta Lizandro Gemiacki.

Chuvas em Minas 

As chuvas no Estado já deixaram 9.871 pessoas desalojadas e 2.024 desabrigadas neste período chuvoso, segundo o balanço da Defesa Civil. Desde outubro deste ano, cinco pessoas morreram em decorrência de temporais em Minas Gerais. Ao todo, foi decretada situação de emergência em 58 cidades do Estado

Os municípios afetados pelas chuvas, nas regiões dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce, vão receber um repasse de R$ 5,63 milhões.

Os valores são referentes a seis parcelas do acordo que o Estado fechou com os municípios, para quitar em 33 vezes dívidas relacionadas à falta de repasses do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). O montante também se refere ao Piso Mineiro de Assistência Social aos municípios incluídos no decreto de Situação de Emergência.

Live RecordTV Minas

A Live RecordTV Minas acontece às quintas-feiras, às 9h30, no canal da emissora no YouTube e no Facebook. Durante a conversa, o climatologista Alexandre Araújo também falou sobre os impactos das chuvas que inundaram Minas Gerais.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Ana Gomes

Últimas