Minas Gerais Irmão de Eduardo Costa depõe sobre caso de morta ao cair de prédio

Irmão de Eduardo Costa depõe sobre caso de morta ao cair de prédio

Weliton Costa, que também é cantor, estava na festa que acontecia na cobertura, em BH, no dia em que Hilma Morais, de 38 anos, morreu

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

O cantor Weliton Costa, irmão do astro sertanejo Eduardo Costa, presta depoimento em Belo Horizonte, na tarde desta terça-feira (1°), para esclarecer informações sobre o caso da mulher que morreu ao cair de uma cobertura no bairro Castelo, na região da Pampulha.

O irmão de Eduardo Costa estava no apartamento no dia 20 de novembro, quando ocorreu o episódio. Ele havia sido contratado pelo dono do imóvel para tocar em um evento que acontecia no local.

Costa tocava na festa que acontecia no apartamento

Costa tocava na festa que acontecia no apartamento

Reprodução / Instagram

No boletim de ocorrência registrado pela PM (Polícia Militar), Weliton Costa relatou que estava no andar debaixo do apartamento, assim como os outros convidados, quando ouviu um barulho forte e "visualizou que a vítima havia pulado da sacada".

A reportagem tentou contato com o cantor, mas as chamadas e mensagens não foram respondidas. O R7 também não conseguiu contato com a defesa de Costa.

As circunstâncias da morte da administradora de imóveis Hilma Balsamão, então com 38 anos, são investigadas pelo DHPP (Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa). A divisão assumiu o caso após a família de Hilma questionar a versão apresentada pelas testemunhas.

Relacionamento

O empresário Gustavo Veloso, dono do apartamento, prestou depoimento nesta segunda-feira (30), pela primeira vez.

O homem disse que tinha um relacionamento "esporádico" com Hilma. O advogado de Veloso informou à imprensa que o empresário afirmou aos investigadores que Hilma e ele teriam se desentendido no evento e ela teria tomado o celular do filho dele, que gravava a briga.

Leia também: Mulher morta ao cair de prédio fez vídeo chamando amiga pra festa

Segundo Veloso, depois disto, a mulher teria ido até o vidro de proteção da cobertura e se jogado do prédio. O empresário disse, ainda, que ela estava no local, a trabalho.

A família de Hilma disse à reportagem que os dois estavam juntos há pelo menos sete meses.

Últimas