CPI das Fake News irá ouvir Alexandre Frota nesta quarta

Comissão investiga disseminação de notícias falsas nas eleições de 2018 e, na próxima semana, entra em nova fase: a de oitivas

Deputado federal Alexandre Frota será ouvido na CPI das Fake News

Deputado federal Alexandre Frota será ouvido na CPI das Fake News

Fátima Meira / Estadão Conteúdo

A CPI das Fake News, que investiga a disseminação de notícias falsas nas eleições de 2018, irá ouvir na próxima quarta-feira (30) o deputado federal Alexandre Frota (PSDB), afirmou o presidente da comissão, senador Angelo Coronel (PSD-B).

Em entrevista ao R7, o senador explica que a CPI tem três focos: proteção de dados, combate ao cyberbullying e a investigação das eleições de 2018. “Nós vamos trabalhar para atender ao requerimento original para que possamos ter as oitivas das pessoas convidadas”, diz - oitivas é um termo usado no Direito Processual que refere-se ao ato de ouvir testemunhas ou partes de um processo.

Leia mais: Plataformas de redes sociais devem colaborar, diz presidente da CPI

O próximo passo da CPI irá ocorrer na terça-feira (29), quando a Comissão irá ouvir convidados sobre o cyberbullying, termo usado para a violência praticada contra alguém por meio da internet. No dia seguinte, será a vez de Frota, deputado expulso pelo PSL no dia 13 de agosto e atual membro do PSDB.

“A ideia é fazer a mesma coisa, um convidado civil e outro da classe política, nas semanas subsequentes”, diz.

Procurado pela reportagem, o deputado ainda não se manifestou. O espaço está aberto.