Imposto de Renda 2023

O que é que eu faço Sophia Veterinário, vacina: o que é possível deduzir com pets no IR 2023?

Veterinário, vacina: o que é possível deduzir com pets no IR 2023?

Quem tem gato, cachorro, pássaro ou qualquer animal de estimação sabe que os gastos são elevados

Studiogstock/Freepik

Ter um animal de estimação, seja ele um cachorro, um gato, um pássaro ou qualquer outro pet, traz muitas alegrias aos tutores, mas também muitas despesas.

Quando o bichinho fica doente, levá-lo ao veterinário pode sair bem caro. Isso sem falar dos gastos com remédios, vacinas, ração, banhos, brinquedos... Será que é possível deduzir alguma dessas despesas do Imposto de Renda 2023?

A resposta é não. Nenhuma mesmo. Nem veterinário, nem vacina, nem remédio. Nada.

O motivo é que só é possível deduzir despesas médicas do titular, dos seus dependentes ou alimentandos. Os animais de estimação não se encaixam nessas categorias.

Além disso, vale lembrar que a Receita não permite deduzir gastos com vacina ou remédios nem mesmo dos seres humanos.

Quais são as despesas médicas dedutíveis?

As despesas médicas ou de hospitalização dedutíveis são: pagamentos efetuados a médicos de qualquer especialidade, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, hospitais, exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias.

Veja aqui como declarar as despesas médicas no IR 2023

Fonte: Receita Federal

__________________________________________________

Caso ainda tenha dúvidas sobre Imposto de Renda, economia, dinheiro, direitos e tudo o mais que mexe com seu bolso, envie suas perguntas para “O que é que eu faço, Sophia?” pelo email sophiacamargo@r7.com

Ou pelas caixas de mensagens da coluna no Facebook ou no Instagram

SAIBA COMO FAZER A DECLARAÇÃO DE IR 2023 PASSO A PASSO

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas