Prefeitura do Rio define novos critérios para pontos de táxi

Placas indicativas vão informar o número do processo que deu origem ao ponto. Nova medida foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (15)

Instalação de ponto fixo será
 feita na zona oeste do Rio

Instalação de ponto fixo será feita na zona oeste do Rio

Ricardo Moraes / Reuters - 15.6.2020

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, estabeleceu novos  procedimentos para a regulamentação de ponto fixo de táxi no município. A medida foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (15).

Segundo a pasta, a partir de agora, as placas indicativas vão informar o número do processo que deu origem ao ponto. Desta forma, a população poderá identificar que se trata de um ponto de táxi regular.

Leia também: Após reunião, Carnaval 2021 do Rio continua com futuro indefinido

As solicitações para instalação de ponto fixo de táxi deverão ser protocoladas no posto de atendimento do Guerenguê, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio. Em seguida, serão encaminhadas à análise de viabilidade técnica para verificar a possibilidade de implantação. 

Após análise da CET-RIO (Coordenadorias Regionais de Transportes), o processo será remetido para coordenadorias regionais para que sejam contempladas questões de circulação, estacionamento e parada.

Caso a solicitação seja aprovada, a Coordenadoria de Táxi encaminhará o processo para destinação final e posterior publicação em Diário Oficial. 

De acordo com o secretário municipal de Transportes, Paulo Jobim, a intenção é tornar o processo "mais eficaz e tratar as solicitações de forma mais sensata, sem comprometer o ordenamento urbano".