São Paulo Bombeiros buscam por 5 pessoas da mesma família em Santos (SP)

Bombeiros buscam por 5 pessoas da mesma família em Santos (SP)

Situação mais crítica ocorre no Morro São Bento. São procurados dois adultos e três crianças. Moradores do Morro do Tetéu ajudam nas buscas

  • São Paulo | Do R7

Moradores do morro do Tetéu em Santos buscam por vítimas soterradas

Moradores do morro do Tetéu em Santos buscam por vítimas soterradas

Reprodução Record TV

Os bombeiros e moradores das comunidades de Santos, no litoral sul de São Paulo, não param de procurar por vítimas do deslizamento de terra após o forte temporal da madrugada de terça-feira (3). Três pessoas morreram na cidade: duas no Morro do Tetéu e uma no Morro da Penha.

Segundo o Corpo de Bombeiros, há 30 desaparecidos na Baixada Santista. De acordo com a prefeitura, a situação é mais crítica no Morro São Bento, onde cinco integrantes de uma mesma família, sendo três crianças, são procurados.

Leia mais: "Minha filha está embaixo da terra", diz morador do Guarujá após chuvas

No Morro do Tetéu, a comunidade se revezava em turnos para localizar vítimas após parte da terra e pedras virem abaixo durante o temporal. Leandro da Silva conta que há um esforço coletivo: "Tem muita gente aqui como voluntário. O pessoal não quer desistir. Uma cena muito triste". Outro morador do Tetéu disse: "Somos moradores de uma comunidade. Se depender do poder público, não tem força. Se não for por nós, não vai acontecer".

De acordo com o capitão Marcos Palumbo, porta-voz do Corpo de Bombeiros, o trabalho de busca é feito de forma manual, sem a presença de máquinas, para não movimentar a terra e provocar novos deslizamentos. São retirados entulhos e pedras da montanha de lama que se formou. Em Santos, 37 pessoas estão desabrigadas.

Veja também: Após chuvas, cidades da Baixada Santista decretam calamidade

Vítimas

A Santa Casa de Santos recebeu 4 vítimas das chuvas. Uma delas foi liberada após avaliação da equipe multiprofissional. Uma criança de 7 anos está internada na UTI Pediátrica, em estado grave. Um adulto de 43 anos, com politraumatismos, foi internado na enfermaria e o estado de saúde dele é regular. Também uma criança de 2 anos, do São Bento, com politraumatismos, foi levada ao hospital para avaliação médica.

Leia ainda: Morre segundo bombeiro vítima das chuvas na Baixada Santista

A Secretaria Municipal de Saúde informou que a mulher de 48 anos, moradora do Morro do Saboó, levada pelo Samu à UPA Central, passou por avaliação médica e tinha apenas escoriações leves. Outras duas mulheres de 52 anos e 73 anos, moradoras do Morro São Bento, não tiveram ferimentos.

Últimas