Família é mantida refém em assalto e crianças são ameaçadas em SP

Crime foi em Taboão da Serra. Dois suspeitos exigiam dinheiro e apontavam arma para a cabeça de crianças. Um deles foi preso, mas o outro fugiu 

Suspeitos não encontraram dinheiro na casa e levaram objetos de valor

Suspeitos não encontraram dinheiro na casa e levaram objetos de valor

Reprodução Record TV

Um homem foi preso e outro fugiu após manter uma família refém em uma residência na rua Francisco Salatino, bairro do Jardim Maria Helena, em Taboão da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo.

Por volta das 22h00 desta terça-feira (10), dois suspeitos armados abordaram uma adolescente que voltava do colégio em frente de casa e a obrigaram a entrar com eles dentro da residência.

Leia mais: Escolas registraram 2 notificações de violência sexual por dia em SP

Após conseguir entrar, eles subiram no segundo andar da casa e acordaram os pais da jovem que já estava deitado. Na casa, além dos pais, havia duas crianças, irmãs da adolescente. Elas tinham dois e sete anos.

Uma das vítimas contou à Record TV que foi surpreendida: "Acordei já com a arma na cabeça. Eles pediam dinheiro, falavam que era fita dada, que eu era dono de empresa". 

Veja também: Secretário de Ferraz de Vasconcelos (SP) é executado na porta de casa

As vítimas relataram que os suspeitos ordenavam com muita violência que entregassem R$ 70 mil que havia na casa. O casal afirmava que não tinha dinheiro e os homens insistiam. "Botaram a arma na cabeça das crianças, eu falei para não mexer com elas. Davam tapa na cabeça. Chegaram a machucar os pulsos que estavam amarrados com enforca-gato. Ficaram umas duas horas ali", revelou a vítima.   

Depois de não encontrar o dinheiro, os suspeitos começaram a pegar os pertences da casa, como TVs, videogame, relógios e cartões. Tudo foi colocado dentro do veículo das vítimas, um Chevrolet Ônix vermelho, que foi levado pela dupla durante a fuga.

Leia ainda: Bombeiros homenageiam colega morto na Baixada Santista

Por volta de meia-noite, a dupla descarregou todos os pertences na casa de um dos suspeitos e saíram novamente para as ruas do bairro com o veículo roubado. A família, que não ficou ferida, acionou a Polícia Militar.  

De acordo com a PM, agentes realizavam patrulhamento pela região quando se depararam com o Ônix. Foi dada ordem de parada aos suspeitos, que não obedeceram e fugiram. Um deles saiu e conseguiu fugir a pé, o outro tentou escapar com o veículo, mas foi preso ao bater carro.

Veja mais: Mulher é presa em SP após ingerir cem cápsulas de cocaína

Após os questionamentos da Polícia Militar, o rapaz confessou que tinha acabado de roubar o veículo e levou os agentes até a sua residência, onde estava o material roubado. As vítimas reconheceram o homem.

O detido foi encaminhado à delegacia e já tinha passagem por receptação. O caso será investigado pelo 1° DP de Taboão da Serra.