Brasília União Brasil confirma Luciano Bivar como pré-candidato ao Planalto

União Brasil confirma Luciano Bivar como pré-candidato ao Planalto

Partido diz que se reunirá com legendas que 'compartilham os mesmos ideais e projetos em busca de um nome de consenso'

  • Brasília | Plínio Aguiar e Sarah Teófilo, do R7, em Brasília

O deputado federal Luciano Bivar (PE)

O deputado federal Luciano Bivar (PE)

Michel Jesus/ Câmara dos Deputados - 19.06.2019

A Comissão Executiva Nacional do União Brasil aprovou, nesta quinta-feira (14), por unanimidade, a indicação do presidente nacional do partido, o deputado federal Luciano Bivar (PE), como pré-candidato à Presidência da República nas eleições deste ano.

"Há alguns meses o União Brasil tem trabalhado incansavelmente na tentativa de construir uma candidatura que ofereça esperança de um futuro melhor para todos os brasileiros. A partir de agora, o União Brasil se reunirá com os demais partidos que compartilham os mesmos ideais e projetos em busca de um nome de consenso", diz a nota.

Agora o partido se reunirá com demais legendas, como MDB, PSDB e Cidadania, que buscam um nome de consenso para ser o candidato da chamada terceira via. De acordo com o União Brasil, Bivar não vai participar dessa rodada de negociação, e sim o vice-presidente e os líderes na Câmara dos Deputados e no Senado.

"Para facilitar esse diálogo, na condição de pré-candidato, o deputado Luciano Bivar se afastará da mesa de negociações e deixará essa tarefa a cargo do vice-presidente nacional, Antônio de Rueda, do líder do partido na Câmara, deputado Elmar Nascimento, e do líder do partido no Senado, Davi Alcolumbre", completa.

Lideranças dos partidos fizeram uma reunião, no início deste mês, para tratar de um candidato único ao Palácio do Planalto. A promessa das legendas é chegar a um consenso até o dia 18 de maio. Até o momento, o MDB tem como presidenciável a senadora Simone Tebet e o PSDB, os ex-governadores João Doria e Eduardo leite.

Sergio Moro

O União Brasil é o novo partido do ex-juiz e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro, que chegou a ser lançado como pré-candidato ao Planalto pelo Podemos, sua última legenda.

Desde sua filiação, caciques partidários destituíram a ideia de Moro ser lançado à Presidência e, agora, tentam convencer o ex-juiz a ser candidato a deputado federal. Reservadamente, fontes do partido argumentam que esse é o único espaço possível para o recém-filiado. Paranaenses, Moro e a esposa, a advogada Rosângela, mudaram o domicílio eleitoral para São Paulo.

Últimas