Economia Dólar cai a R$ 5,45 com mercado atento a eleições no Congresso

Dólar cai a R$ 5,45 com mercado atento a eleições no Congresso

Queda de 0,55% da moeda norte-americana foi guiada por melhores perspectivas sobre reformas econômicas

Reuters
Dólar oscilou entre R$ 5,42 e R$ 5,49 na sessão

Dólar oscilou entre R$ 5,42 e R$ 5,49 na sessão

Thomas White/Reuters

O dólar fechou em queda ante o real nesta segunda-feira (1º), com o foco do mercado voltado para as perspectivas sobre reformas econômicas após as eleições para os comandos da Câmara e Senado Federal.

Na sessão, a moeda norte-americana à vista caiu 0,55%, a R$ 5,4486 na venda. Ao longo do dia, a divisa variou entre R$ 5,487 (+0,15%) e R$ 5,422 (-1,03%).

"Não tendo obstáculos no Congresso, a chave das reformas dependerá mais do que engajamento e compromisso de Bolsonaro e dos cálculos políticos que o presidente fará, ponderando os efeitos econômicos (corte de gastos) e popularidade/desgaste do governo, tendo como meta a reeleição em 2022", avalia relatório da Dominium Consultoria, especializada em relações institucionais e governamentais.

A Fitch Ratings disse nesta segunda que o ano de 2021 será chave para o governo brasileiro revitalizar sua agenda de reformas fiscais, antes das eleições de 2022, mas ponderou que a incerteza política nubla o cenário.

A questão fiscal é apontada por analistas como um dos principais motivos para o descolamento do real em relação a seus pares. A moeda brasileira tem o pior desempenho neste ano, em queda de 4,72% ante o dólar, depois de em 2020 perder mais de 20% e também figurar entre as últimas posições.

Últimas