Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Receita libera hoje consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda 2023

Rodada de pagamentos vai distribuir R$ 7,5 bilhões a 5,1 milhões de contribuintes; declaração pré-preenchida garante prioridade

Economia|Do R7


Crédito bancário será realizado na próxima sexta-feira (30)
Crédito bancário será realizado na próxima sexta-feira (30)

A Receita Federal vai liberar, a partir das 10h desta sexta-feira (23), consulta à lista de contemplados no segundo lote de restituição do IRPF (Imposto de Renda de Pessoa Física) 2023.

O crédito bancário para os 5.138.476 contribuintes beneficiados será realizado na sexta-feira da semana que vem (30), no valor total de R$ 7,5 bilhões, inteiramente destinado a grupos com prioridade.

Entre os contribuintes beneficiados, 1,1 milhão são idosos, 70.589 apresentam alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 468.889 têm o magistério como maior fonte de renda.

Há ainda 3,5 milhões de contribuintes que não possuem prioridade legal, mas que recebem antes por terem utilizado a declaração pré-preenchida ou optado por receber a restituição via Pix.

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Quem não for contemplado nos dois lotes iniciais ainda terá a oportunidade de receber a restituição nas rodadas de pagamento a ser efetivadas nos dias 31 de julho, 31 de agosto e 29 de setembro.

Consulta

Para saber se você está entre os contemplados do primeiro lote de restituição do IR de 2023, basta acessar a página da Receita na internet. Também é possível realizar a consulta pelo aplicativo do Fisco, disponível para Android e iOS.

Em todos os sistemas, o contribuinte descobre se a sua restituição foi liberada, se ainda está sendo processada ou se existem pendências. Nesse último caso, as correções podem ser feitas por meio de uma declaração retificadora.

Leia também

O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na declaração. Após ser depositado, o dinheiro ficará disponível no banco durante o período de um ano. Se o contribuinte não fizer o saque no prazo, deverá solicitar o montante por meio do formulário eletrônico Pedido de Pagamento de Restituição ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor a ser restituído não apareça na conta bancária, o contribuinte poderá comparecer a qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento, pelos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.