Internacional Explosões em área militar deixam 98 mortos na Guiné Equatorial

Explosões em área militar deixam 98 mortos na Guiné Equatorial

Pelo menos 615 pessoas ficaram feridas nas explosões, que aconteceram após um incêndio em um acampamento militar

Reuters
Explosões deixaram mais de 600 feridos

Explosões deixaram mais de 600 feridos

Reprodução via Reuters TV

O número de mortos em uma série de explosões em um acampamento militar na Guiné Equatorial subiu para 98, disse o Ministério da Saúde na segunda-feira (8), depois que voluntários revistaram os escombros em busca de corpos.

Leia também: Porto de Beirute teve 'sorte' de escapar de outras explosões

Pelo menos 615 pessoas ficaram feridas nas explosões de domingo, que começaram com um incêndio na Base Militar de Nkoantoma, na cidade costeira de Bata, segundo o Ministério da Defesa.

Citando o vice-presidente Teodoro Nguema Obiang Mangue, o Ministério da Saúde estimou o número de mortos em 98, mais que o triplo da estimativa anterior de 31 óbitos.

Dos feridos, 299 permaneciam hospitalizados, escreveu o ministério no Twitter.

O presidente Teodoro Obiang Nguema, pai do vice-presidente, atribuiu o acidente à negligência relacionada ao manuseio da dinamite e disse que as explosões danificaram casas e edifícios em Bata, uma cidade com pouco mais de 250.000 habitantes.

Últimas