Internacional Incêndio mata 10 pacientes de covid-19 na Romênia

Incêndio mata 10 pacientes de covid-19 na Romênia

Médico que tentou salvar pacientes teve 40% do corpo queimado; fogo foi controlado, mas causa ainda está sendo investigada

  • Internacional | Do R7

Incêndio ocorreu na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital

Incêndio ocorreu na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital

Reprodução/Reuters

Ao menos 10 pessoas que tratavam covid-19 morreram no sábado (16) em um incêndio em um hospital público na Romênia, de acordo com a rede de TV norte-americana CNN. 

O incêndio ocorreu na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital de Emergência do Condado de Piatra Neamt na província de Neamt, no nordeste do país. No local, havia 16 pacientes hospitalizados com a doença. 

Leia também: Apoiadores de Trump protestam contra resultado eleitoral

"A tragédia deixou o país inteiro de luto. Envio condolências e força aos familiares nesses tempos difíceis", afirmou Klaus Iohannis, presidente da Romênia, em comunicado, ainda de acordo com a CNN.

Um médico, que foi chamado de heroi pelo primeiro-ministro Ludovic Orban, tentou resgatar pacientes e teve queimaduras em 40% do corpo. Segundo o comunicado, ele está estável. Ele foi transferido para um hospitalem Bucareste,  capital do país.

Os seis pacientes que sobreviveram ao incêndio foram transferidos para um hospital na cidade de Iasi.

A causa do incêndio está sendo investigada. Os casos de covid-19 dispararam no país. Foram registrados 353.185 casos e 8.813 mortes desde o início da pandemia.

Últimas