Internacional Lutador desafia Rishi Sunak para uma luta valendo o cargo de primeiro-ministro britânico

Lutador desafia Rishi Sunak para uma luta valendo o cargo de primeiro-ministro britânico

Americano conhecido pelo apelido de Effy é atleta profissional de wrestling e está fazendo uma turnê no Reino Unido

  • Internacional | Gabriel Herbelha*, do R7

Resumindo a Notícia

  • Americano lutador profissional de de wrestling desafia Rishi Sunak
  • Vencedor da luta ficaria com o cargo de primeiro-ministro britânico
  • Effy está em turnê no Reino Unido e provocou os antecessores de Sunak
  • Sunak não se pronunciou se irá aceitar ou não o desafio do lutador
Lutador de wrestling desafia primeiro-ministro para luta

Lutador de wrestling desafia primeiro-ministro para luta

Montagem R7

O primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, foi desafiado para um evento no mínimo diferente do que ele está acostumado: uma luta contra um lutador profissional de wrestling, modalidade conhecida por ter golpes coreografados.

Escolhido para ser o líder do Partido Conservador no Parlamento, e consequentemente, premiê, há menos de três semanas, Sunak está lidando com uma crise econômica, as greves de enfermeiras e a desconfiança dos britânicos em um contexto de guerra na Ucrânia.

O lutador americano Taylor Gibson, que é conhecido pelo apelido de Effy, anunciou uma turnê no Reino Unido em dezembro e desafiou Sunak para uma luta valendo o atual cargo do político e ainda provocou os antecessores Boris Johnson e Liz Truss.

“Há um motivo pelo qual estou voltando para o Reino Unido. Você se livrou de Boris, o que foi uma boa jogada. Depois você se livrou de Liz Truss, que era péssima, mas ela sabia disso. E agora, Rishi Sunak, estou voltando para o Reino Unido para desafiar você para lutar em uma jaula”, publicou o lutador no Twitter.

Na sequência, Effy diz, em tom sarcástico, que caso virasse premier, iria abolir o modelo de governo do país, transformando o país britânico em uma anarquia.

“Eu vou acabar com você em uma luta na jaula, me tornar primeiro-ministro do Reino Unido e abolir o Reino Unido. Então voltaremos à anarquia no Reino Unido", esbraveja Effy no vídeo.

Rishi Sunak ainda não se pronunciou sobre o convite feito pelo lutador. No entanto, segundo as regras do parlamento britânico, Gibson não poderia sequer ser deputado, já que não é cidadão britânico, irlandês ou de algum país membro da Commonwealth.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Pablo Marques.

Últimas