Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Após reduzir pena do goleiro Bruno, advogado tenta regime semiaberto para este ano

TJ diminuiu um ano e seis meses da condenação, nesta quarta-feira (27)

Minas Gerais|Do R7 com RecordTV Minas


Jogador está preso em Varginha (MG)
Jogador está preso em Varginha (MG)

Após conseguir redução de um ano e seis meses na pena do goleiro Bruno Fernandes, na tarde desta quarta-feira (27), Fábio Gama, advogado do jogador, declarou que pretende conseguir para o atleta, ainda neste ano, progressão para regime semiaberto. Por unanimidade, os desembargadores da 4ª Câmara Criminal do TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) decidiram reduzir o período de prisão de Fernandes, já que o crime de ocultação de cadáver já prescreveu.

Em 2013, o ex-goleiro do Flamengo foi condenado a 22 anos e três meses pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado, no caso Eliza Samudio. A ex-modelo, que era amante do jogador, desapareceu em 2010 e o corpo dela não foi encontrado até hoje. A nova pena decretada pelos TJMG é de 20 anos e nove meses.

Mulher do goleiro Bruno está grávida, diz advogado

O atleta está preso em Varginha, no sul de Minas Gerais, para onde se mudou com a mulher. No mês passado, ele conseguiu autorização para trabalhar fora do presídio, dando aulas de futebol para crianças da cidade.

Publicidade

Recursos

Dois recursos foram analisados, nesta quarta-feira. Em um deles, a defesa questionava a condenação de Fernandes e de Fernanda Gomes de Castro, outra ex-amante do jogador. Além da redução do goleiro, os desembargadores também diminuíram a pena de Fernanda que foi de cinco anos para três anos, em regime aberto. No outro documento, os advogados pediam a anulação da certidão de óbito de Eliza, mas os magistrados negaram o recurso e decidiram manter a validade do documento.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.