Minas Gerais Moradores denunciam aglomeração em frente a bar em Belo Horizonte

Moradores denunciam aglomeração em frente a bar em Belo Horizonte

Aglomeração ocorreu entre os bairros Coração Eucarístico e Dom Cabral, na região Noroeste de BH; bar tinha dezenas de pessoas sem máscara

Grupo estaria aglomerado em frente a um bar em BH

Grupo estaria aglomerado em frente a um bar em BH

RecordTV Minas

Moradores dos bairros Dom Cabral e Coração Eucarístico, na região Noroeste de Belo Horizonte, denunciaram uma festa clandestina realizada em uma rua entre os dois bairros na noite da última sexta-feira (26).

As imagens mostram dezenas de pessoas aglomeradas em um trecho da avenida 31 de Março, próximo à rua Cardeal Vasconcelos Motta. Muitos estão sem máscara ou qualquer tipo de proteção facial. O foco da aglomeração seria um bar que fica no encontro entre as duas vias.

Veja: Clube em BH é interditado após festa com centenas de pessoas

Em nota, a Guarda Municipal de Belo Horizonte informou que recebeu a primeira denúncia por volta de 14h50 e enviou uma equipe até o local, que não identificou nenhuma aglomeração. Uma nova denúncia foi realizada, informando que havia um show previsto para acontecer no local às 22h. Outra equipe retornou ao local e encontrou o estabelecimento fechado. Mesmo assim, os guardas permaneceram no entorno do bar até à meia noite.

Aglomerações

Na última semana, um bar na região da Pampulha, também em BH, foi interditado por causar aglomeração com cerca de 400 pessoas. Horas depois, o estabelecimento reabriu. O dono acabou sendo preso e multado em mais de R$ 17 mil.

Um outro caso de aglomeração em BH acabou em confusão. No dia 10 de setembro, enquanto jovens que participavam de um baile funk se dispersavam, uma jovem foi atingida por balas de borracha da Polícia Militar. A adolescente precisou passar por uma cirurgia nos pés.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas