DF no Ar 'Chama eterna' do Panteão da Pátria está apagada pela segunda vez na história

'Chama eterna' do Panteão da Pátria está apagada pela segunda vez na história

Monumento projetado por Oscar Niemeyer simboliza liberdade e democracia. Chama foi apagada após atos de vandalismo 

  • DF no Ar

A chama do Panteão da Pátria na Praça dos Três Poderes, no centro de Brasília, foi apagada após atos de vandalismo no dia 8 de janeiro. O monumento projetado por Oscar Niemeyer foi inaugurado em 1986 para simbolizar a chama eterna da democracia. Esta foi a segunda vez, desde a instalação, que o fogo foi apagado.

VEJA TAMBÉM:

DF recebe 6 mil doses de Coronavac para vacinação de crianças contra Covid-19

Criança picada por escorpião no DF continua internada na UTI

Prazo para solicitar vagas remanescentes nas escolas públicas do DF começa nesta quarta (18)

Últimas