Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Após ameaças falsas de bomba, casal tem casa invadida 43 vezes por equipe da SWAT

Patrick Tomlinson e Niki Robinson foram alvo de 'pegadinhas' frequentes que levaram a polícia armada a entrar na propriedade

Internacional|Maria Cunha*, do R7


Um casal que foi alvo de "brincalhões" teve uma equipe da SWAT em sua casa 43 vezes.

Os nomes de Patrick Tomlinson e Niki Robinson, de Milwaukee, nos Estados Unidos, foram usados para fazer falsas ameaças de bomba a diversos locais, em três estados.

A "pegadinha", que começou como um comentário inofensivo no Twitter, resultou em policiais invadindo a propriedade do marido e da mulher e apontando armas para sua cabeça.

No entanto, apesar do alto número de vezes que a dupla foi vítima da brincadeira sem graça, a polícia não conseguiu interromper as falsas denúncias.

Publicidade

O golpe consiste em fazer ligações falsas para as autoridades e relatar ameaças criminais de nível grave ou situações violentas, o que induz os policiais a invadir a casa ou a empresa de uma pessoa inocente.

A ação criminosa ainda é cada vez mais habilitada pela tecnologia, que pode ser usada para mascarar a voz real do chamador, seu número de telefone ou endereço IP (também chamado de “spoofing”) ou para tornar seu relatório falso mais confiável.

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

O caso de Patrick Tomlinson e Niki Robinson

No caso de Patrick Tomlinson, os problemas começaram depois que ele postou um comentário casual no Twitter, em 2018, em que dizia nunca ter achado o comediante Norm Macdonald muito engraçado.

De acordo com o tabloide The Daily Beast, o tuíte chamou atenção de pessoas que realizam trolagens online, que logo começaram a assediar, perseguir, personificar e difamar o casal de Milwaukee.

Os golpistas usaram um site próprio junto com contas de rede social no Reddit, no Twitter e no YouTube para atingir os dois e convidar outras pessoas a se aproximar.

Leia também

Ao falar sobre o constante assédio à NBC News, Patrick disse: “Não nos sentimos seguros em nossa própria casa. Não sabemos quando a porta vai ser arrombada”.

Segundo o homem, uma vez ele desceu as escadas e encontrou meia dúzia de policiais com pistolas em punho, espingardas e fuzis AR-15s, todos apontados para sua cabeça.

Em 10 de dezembro de 2022, falsas ameaças de bomba que mencionavam Patrick causaram a retirada de milhares de fãs de um show de Patti Labelle no Riverside Theatre, em Milwaukee.

O casal também afirmou que gastou dezenas de milhares de dólares nos últimos cinco anos em uma tentativa de se proteger.

Patrick e Niki entraram com uma ação contra os proprietários de um fórum online que seus perseguidores usaram para atacá-los.

Entretanto, eles foram forçados a retirar o processo e agora dizem que devem mais de 50 mil dólares (cerca de R$ 239,5 mil) em honorários advocatícios às próprias pessoas que os atacaram — o suficiente para, possivelmente, levá-los à falência, disse o casal.

O FBI começou a tomar medidas formais para obter uma imagem abrangente do problema em nível nacional, já que o número de incidentes semelhantes parece estar aumentando.

*Sob supervisão de Daniel Pinheiro

Americanos e canadenses voltam a viver 'cenário de pandemia' por causa de incêndios florestais

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.