Internacional Em fronteira, turcos e polícia da Grécia entram em confronto

Em fronteira, turcos e polícia da Grécia entram em confronto

Foi o segundo dia consecutivo de confrontos na fronteira. Ontem (29), a polícia também se aproximou dos imigrantes com saraivadas de gás lacrimogêneo

Reuters
Família de refugiados cuzando a fronteira entre a Turquia e a Grécia

Família de refugiados cuzando a fronteira entre a Turquia e a Grécia

Huseyin Aldemir/ Reuters - 28.02.2020

A polícia grega disparou gás lacrimogêneo para repelir centenas de migrantes que tentavam atravessar a fronteira com a Turquia neste domingo (1), disseram testemunhas.

Foi o segundo dia consecutivo de confrontos na passagem de fronteira pela cidade grega de Kastanies. Ontem (29), a polícia também se aproximou dos imigrantes com saraivadas de gás lacrimogêneo.

A Grécia colocou suas fronteiras em segurança máxima hoje, depois que centenas de outros migrantes usaram brechas em pontos de passagem para entrar no país.

Pelo menos 500 pessoas chegaram por via marítima às ilhas gregas de Lesbos, Chios e Samos, perto da costa turca, dentro de poucas horas na manhã deste domingo, informou a polícia.

Ao longo da fronteira nordeste do continente, alguns migrantes atravessaram uma seção rasa do rio Evro para o lado grego. Testemunhas disseram que havia grupos de até 30 pessoas, incluindo uma mãe afegã com um bebê de cinco dias de idade, na beira de uma estrada depois de atravessar o rio.

Uma fonte do governo grego disse que alguns imigrantes impedidos de passar também jogaram barras de metal e botijões de gás lacrimogêneo na polícia do lado grego.

A Turquia informou na quinta-feira (27) que não restringirá mais centenas de milhares de requerentes de asilo em seu território de chegarem à Europa, seu destino preferido, apesar do compromisso de fazê-lo sob um acordo alcançado com a União Europeia (UE) em 2016.

Últimas