Juan Carlos I não está em Portugal, afirmam fontes oficiais

Rei emérito da Espanha disse ao filho, por meio de carta, que queria viver fora da Espanha depois que polêmicas da vida pessoal se tornaram notícia

Paradeiro do rei da Espanha ainda é desconhecido

Paradeiro do rei da Espanha ainda é desconhecido

Francois Lenoir/Reuters - 4.5.2019

O rei emérito da Espanha, Juan Carlos I, não está em Portugal, segundo fontes oficiais confirmaram à Agência Efe, o que descartaria a versão de ida para viver na cidade de Estoril, como veiculou ontem a imprensa lusa.

Até o momento, não se sabe o paradeiro do pai de Felipe VI, que comunicou ao filho por carta a decisão de deixar o país de que foi chefe de Estado.

Nas últimas horas, alguns veículos de imprensa portugueses publicaram informações de que Juan Carlos I estava se mudando para Estoril, cidade litorânea onde passou a infância, quando os pais estavam exilados.

Vivendo fora da Espanha

O rei emérito, de 83 anos, escreveu ao rei Felipe VI manifestando a decisão de viver fora da Espanha após a divulgação, nas últimas semanas, de supostos negócios escusos em que estaria envolvido na Suíça, que ameaçavam prejudicar a imagem da monarquia espanhola.

Com sua saída, o rei emérito pretende facilitar o exercício das funções do sucessor.

"Meu legado e minha própria dignidade como pessoa o exigem", disse ele na carta, na qual assegurou que a decisão foi tomada "com profundo sentimento, mas com grande serenidade".

O anúncio da mudança para fora da Espanha culmina um período de deterioração da imagem do monarca emérito.

O debate sobre a inviolabilidade do chefe de Estado espanhol foi retomado no mês passado devido a novas informações sobre o suposto dinheiro escondido que o rei emérito teria na Suíça e a doação que ele fez de 65 milhões de euros à empresária alemã Corinna Larsen - apontada por alguns veículos de imprensa como sua amante - fora do controle fiscal espanhol.