Minas Gerais Edital para concessão das BRs 381 e 262 é lançado e leilão é marcado

Edital para concessão das BRs 381 e 262 é lançado e leilão é marcado

Ao todo, 670 km de estradas serão concedidos à iniciativa privada por 30 anos; leilão vai ocorrer em 25 de novembro

Ao todo, serão concedidos 670 km de rodovias à iniciativa privada

Ao todo, serão concedidos 670 km de rodovias à iniciativa privada

Divulgação / Dnit

O leilão para a concessão das BRs 381 e 262 foi marcado para o dia 25 de novembro. O edital foi lançado, oficialmente, nesta quarta-feira (1º) em cerimônia no Senado Federal, que contou com a presença do governador Romeu Zema (Novo), do presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco e do ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

A concessão das duas rodovias, que ligam Minas Gerais ao Espírito Santo, tem estimativa de R$ 7 bilhões em investimentos. Ao todo, serão concedidos 670 km da BR-381, entre Belo Horizonte e Governador Valadares, no entroncamento da BR-116. No caso da BR-262, entre o entroncamento com a BR-381 em João Monlevade, até a divisa com o Espírito Santo. Em ambos os casos, o prazo de concessão é de 30 anos.

O edital prevê obras de duplicação em um trecho de 402 km, a construção de faixas adicionais de 228 km e 131 km de vias marginais, dentre uma série de intervenções, incluindo um contorno rodoviário na cidade de Manhuaçu (MG). 

O governador Romeu Zema comemorou o anúncio. 

— Desde criança transito por essa estrada e é nítido como no Brasil algumas obras prioritárias e fundamentais acabam se arrastando por décadas para que se concretize a solução. Precisamos de mais investimento, de infraestrutura para que o estado se desenvolva

Veja: Três pessoas morrem em acidente na BR-381, em Sabará (MG)

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas afirmou que as obras reforçam a ligação entre Minas Gerais e o Espírito Santo. 

— Vamos celebrar a redução dos acidentes, das mortes. Significa que as pessoas vão transitar pela 381 com segurança

Últimas