Minas Gerais Ônibus cai de barranco em Ouro Preto (MG) e deixa 2 mortos

Ônibus cai de barranco em Ouro Preto (MG) e deixa 2 mortos

Veículo transportava 25 passageiros, quando se acidentou na MG-129, próximo a Ouro Preto; 4 pessoas tiveram ferimentos graves 

  • Minas Gerais | Samuel Resende*, do R7

O motivo do acidente não foi confirmado

O motivo do acidente não foi confirmado

Divulgação/CBMMG

Um ônibus que transportava 25 passageiros caiu de uma ribanceira na manhã desta segunda-feira (8), na MG-129, em Ouro Preto, a 97 km de Belo Horizonte. Segundo o Corpo de Bombeiros, duas pessoas morreram e quatro pessoas ficaram gravemente feridas. Um homem, de 50 anos de idade, precisou ser intubado e foi levado para o Hospital João 23, em Belo Horizonte. 

As outras vítimas com ferimentos leves foram encaminhadas ao Hospital Santa Casa de Ouro Preto e para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da cidade. 

No ônibus, um Volvo 2009, estavam profissionais que saíram do Espírito Santo para prestarem serviço a Gerdau. A quantidade de vítimas foi confirmada pela lista de passageiros cedida aos bombeiros. No momento, todas as pessoas já foram socorridas e os militares estão vasculhando o local para confirmarem se haviam outras pessoas dentro doo ônibus.

A causa do acidente ainda não foi confirmada, assim como o destino do veículo. A Polícia Militar e quatro equipes do Corpo do Bombeiros estão no local. O helicópetro Arcanjo foi acionado para dar apoio no atendimento às vítimas.

O DER-MG (Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais) informou, por meio de nota, que monitora a MG-129 sob os aspectos da segurança viária e da manutenção. 

"Periodicamente é realizada a manutenção rodoviária, que inclui a roçada da faixa de domínio, limpeza do sistema de drenagem, conferência da sinalização e operação tapa-buracos. Na segurança viária, já foram implantados projetos com reforço da sinalização e, atualmente a rodovia dispõe de um conjunto de cinco radares, instalados entre 2016 a 2018, com velocidades máximas de 40 a 60 quilômetros por hora", afirma o órgão. 

*Estagiário do R7, sob supervisão de Lucas Pavanelli 

Últimas