Dentista é suspeito de homicídio e tráfico de drogas

O dentista, Gilberto Ranhol Gomes, que matou um amigo e deixou outro gravemente ferido durante a saída de uma festa em Niterói, alegou estar sob efeito de entorpecentes e relatou ter ouvido vozes que o levaram a cometer o crime. Rafael Marques, que também estava no veículo, foi preso em flagrante, junto com seu irmão, Frederico Marques, por tráfico de drogas. Além destes, o jovem Hygor Manier Andrade Figueiredo, que estava no apartamento, foi preso por suspeita de envolvimento no tráfico. Wagner Muniz, que foi ferido no por Gilberto, segue internado em estado grave.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log