Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Chefe de gabinete da Otan sugere que Ucrânia ceda território à Rússia e volta atrás após críticas

Stian Jenssen propôs que o país cedesse terras e se tornasse membro da aliança ocidental para acabar com a guerra

Internacional|Do R7


Comentário provocou reação de líderes ocidentais, inclusive do presidente Volodmir Zelensky
Comentário provocou reação de líderes ocidentais, inclusive do presidente Volodmir Zelensky

O chefe de gabinete da Otan, Stian Jenssen, recuou nesta quarta-feira (16) de sua controversa sugestão de que a Ucrânia cedesse território e se tornasse membro da aliança de segurança ocidental para acabar com a guerra na Rússia. Ele chamou a própria declaração de "erro".

O comentário foi nesta terça-feira (15) durante um painel de discussão e provocou a reação de vários líderes ocidentais, inclusive do presidente da Ucrânia, Volodmir Zelensky. Eles argumentaram que ceder território apenas encorajaria a Rússia a aumentar sua ofensiva e desferiria um golpe injusto em Kiev.

A declaração do funcionário da Otan provocou a ira do assessor do gabinete presidencial ucraniano Mykhailo Podolyak, que disse que seria "ridículo" trocar território por um "guarda-chuva da Otan".

"Isso significa escolher deliberadamente a derrota da democracia, encorajar um criminoso global, preservar o regime russo, destruir a lei internacional e passar a guerra para outras gerações", escreveu Podolyak no X , anteriormente conhecido como Twitter.

Publicidade

"Se Putin não sofrer uma derrota esmagadora, o regime político na Rússia não mudar e os criminosos de guerra não forem punidos, a guerra definitivamente retornará com o apetite da Rússia por mais."

Após as críticas, Stoltenberg afirmou, em entrevista ao jornal norueguês VG, que a declaração "fazia parte de uma discussão mais ampla sobre possíveis cenários futuros na Ucrânia".

"E eu não deveria ter dito dessa forma", acrescentou ele ao meio de comunicação. "Isso foi um erro."

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.