Internacional Presidente do Mali renuncia após sofrer golpe de Estado

Presidente do Mali renuncia após sofrer golpe de Estado

Líderes golpistas ainda não fizeram nenhuma declaração de intenções ou qualquer comunicação oficial para explicar seus objetivos

Militares são saudados, pouco antes de prenderem o presidente Ibrahim Boubakar Keïta

Militares são saudados, pouco antes de prenderem o presidente Ibrahim Boubakar Keïta

Moussa Kalapo / EFE-EPA -

O presidente do Mali, Ibrahim Boubacar Keita, renunciou nesta terça-feira (18) e anunciou a saída de todos os membros do governo em pronunciamento transmitido pela televisão algumas horas após sofrer um golpe de Estado liderado por militares.

"Não desejo que mais sangue seja derramado para me manter no poder", disse Keita, que foi apresentado na emissora de televisão ORTM1 como "presidente demissionário".

IBK, como é popularmente conhecido no país africano, declarou que sua renúncia foi forçada pelos militares que comandaram o golpe.

"Por acaso tenho outra opção?", perguntou, após lembrar que "certos elementos das forças armadas concluíram que isso deveria terminar por meio de uma intervenção".

Por enquanto, os líderes golpistas não fizeram nenhuma declaração de intenções ou qualquer comunicação oficial para explicar seus objetivos com o golpe. Também não foi anunciado um chefe de Estado interino neste momento crítico na história do país.

Últimas