Internacional

6/3/2013 às 00h48 (Atualizado em 6/3/2013 às 09h36)

Velório de Chávez vai durar três dias, afirma chanceler 

Mandatário venezuelano não resistiu à quarta cirurgia contra o câncer e morreu nesta terça

Do R7

Venezuelanos simpatizantes do presidente prestam homenagens nas ruas do país AFP

O chanceler venezuelano, Elías Jaua, anunciou na noite desta terça-feira (5) que a despedida do presidente Hugo Chávez, morto na tarde de ontem, vai durar até a próxima sexta-feira (8).

Durante pronunciamento na rede estatal VTV, Jaua anunciou que o velório irá durar três dias "para que nosso povo possa ver seu pai, seu protetor".

Na manhã desta quarta-feira (6), o corpo de Chávez será transportado até a Academia Militar, em Caracas, onde será velado.

Veja o que diz a Constituição sobre a sucessão de Chávez

Conquistas sociais de Hugo Chávez devem garantir vitória eleitoral dos chavistas

A cerimônia oficial, que vai contar com os líderes de outros países, será realizada na sexta-feira às 10h (11h30 em Brasília). A presidente brasileira Dilma Rousseff deve estar presente.

O governo venezuelano decretou sete dias de luto e ordenou a suspensão de todas as atividades acadêmicas em instituições públicas e privadas na quarta, quinta e sexta-feira.

Jaua fez um chamado para que o povo venezuelano mantenha-se "mobilizado, mas em paz".

— É um dever de todos preservar a paz.

O chanceler aproveitou para agradecer as mensagens de solidariedade de todos os mandatários internacionais.

Jaua não declarou onde Chávez será enterrado.

Estabilidade

O chanceler venezuelano afirmou ainda que não deve haver espaços para especulações e ratificou que o governo manterá a estabilidade do país.

— Vamos fazer o que o presidente disse que tinha que fazer, que era respeitar o que diz a Constituição da República Bolivariana da Venezuela.

Por temor de violência entre simpatizantes e opositores ao chavismo, Jaua alertou os meios de comunicação para que não divulguem mensagens que estimulem as diferenças entre os venezuelanos.

— [Que a imprensa] estimule a tolerância, a paz e a tranquilidade do povo venezuelano.

Venezuelanos choram a morte de Hugo Chávez 

Líderes mundiais repercutem morte de Hugo Chávez

Hugo Chávez, de 58 anos, que lutava contra uma severa infecção respiratória após ter passado por uma delicada quarta cirurgia contra um câncer, não resistiu e morreu nesta terça-feira em Caracas às 16h25 (18h55 em Brasília). A informação foi oficializada pelo vice-presidente, Nicolás Maduro, em pronunciamento na TV.

A morte do polêmico e midiático líder lança uma nuvem de incertezas na política do país, já que Chávez não chegou a ser empossado para seu quarto mandato presidencial, que começou em janeiro deste ano. O país deverá convocar novas eleições em um mês.

Segundo Jaua, o vice-presidente, Nicolás Maduro, deve assumir o poder interinamente. A medida, no entanto, ainda não foi confirmada pelo Congresso ou pela Justiça do país.

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Homem das cavernas

Iraniano não toma banho há 60 anos e usa pedaço de cano como cachimbo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Desumano

Menino de 11 anos vive acorrentado como cachorro pela família na China

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!